Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8467
Title: Os processos transferenciais na relação aluno-professor na sala-de-aula de Matemática
Authors: Izabel Dantas Antonino Carvalho, Maria
Keywords: Transferência; Relação professor-aluno; Educação matemática.
Issue Date: 2005
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Izabel Dantas Antonino Carvalho, Maria; Tarcisio da Rocha Falcão, Jorge. Os processos transferenciais na relação aluno-professor na sala-de-aula de Matemática. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia Cognitiva, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Abstract: O presente estudo teve como objetivo investigar as relações de identificação e transferência no contexto da relação aluno-professor na sala-de-aula de Matemática. Nesse sentido, foram nossos objetivos específicos descrever e analisar aspectos que poderiam estar implicados na relação de identificação do professor com a disciplina por ele lecionada, assim como a observações de possíveis processos transferenciais que emergem na interação entre aluno e professor no contexto de sala de aula. Para atender a essa proposta foram investigados dois professores de matemática da 5ª. série do Ensino Fundamental agrupados a partir de disponibilidade voluntária, com seus respectivos alunos desta mesma série com faixa etária aproximada de 11 anos. A escolha desta série e desta faixa etária justificou-se em função do surgimento nesta faixa etária e escolar dos primeiros contatos com professores específicos de uma única disciplina, e ao mesmo tempo a entrada na adolescência, onde recrudescem os conflitos de identificação. Professores e alunos foram oriundos de escolas da rede privada de ensino da região metropolitana do Recife. O ciclo metodológico desta pesquisa abarcou entrevistas semidirigidas com os professores, aplicação de questionário e teste de desempenho matemático aos alunos participantes. A análise de dados constou de análise categorialdescritiva onde foram categorizados os dados oriundos do questionário aplicado aos alunos e receberam um tratamento em ambiente informatizado; etapa de análise clínico-interpretativa, onde foram analisados os dados das entrevistas com os professores; e finalmente, etapa de análise integrativa, onde os dados das etapas anteriores foram analisados em conjunto. Tal análise nos permitiu concluir acerca da importância de relações de identificação com a disciplina através de uma relação transferencial envolvendo figuras parentais professor disciplina. Professores e alunos enfatizaram os aspectos afetivo-relacionais como características necessárias ao bom professor de Matemática, caracterizando-os como um cuidador . A atenção e a prática de exercícios apareceram como características fundamentais ao bom aluno em Matemática. Ao expressar seus sentimentos em relação à disciplina Matemática os alunos em sua maioria mencionaram aspectos positivos, através de palavras que caracterizavam a Matemática em termos de sua representação e valoração sociais. Tais resultados reforçam a idéia teórica de base segundo a qual os processos psicológicos de identificação e transferência têm importância decisiva na compreensão do funcionamento da disciplina de Matemática
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8467
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Psicologia Cognitiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8484_1.pdf3.66 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.