Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8459
Title: Tradução, adaptação e validação do test de vocabulario en Imágenes Peabody (TVIP)
Authors: LIMA, Rafaella Asfora Siqueira Campos
Keywords: Test de vocabulario en Imágenes Peabody; Validação de instrumentos; Linguagem
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Asfora Siqueira Campos Lima, Rafaella; Roazzi, Antonio. Tradução, adaptação e validação do test de vocabulario en Imágenes Peabody (TVIP). 2007. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia Cognitiva, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: O objetivo do presente estudo foi traduzir, adaptar e validar uma prova de vocabulário receptivo o Test de Vocabulario en Imágenes Peabody (TVIP) e apontar as suas contribuições para a construção e validação de instrumentos de avaliação psicológica na língua portuguesa, instrumentalizando profissionais da fonoaudiologia no diagnóstico de crianças com distúrbios da comunicação verbal. O acesso ao desempenho em áreas específicas da linguagem, lexical, fonológica e morfológica, prover subsídios teóricos e empíricos que auxiliarão a desenvolver uma clara compreensão da linguagem oral e possíveis alterações. Sendo esta uma área de maior carência no desenvolvimento da psicologia, no Brasil, com claros reflexos negativos nas investigações e no exercício profissional, faz sentido que um maior número de acadêmicos se dedique a este tema desenvolvendo instrumentos de medidas confiáveis. Tais instrumentos auxiliarão no diagnóstico de distúrbios da comunicação verbal e posterior intervenção. Participaram deste estudo 203 crianças provenientes da Região Metropolitana do Recife, de ambos os sexos, entre 5 e 7 anos, contatadas através de escola particular, escolas públicas, creche, da Clínica Escola da Universidade Federal de Pernambuco, e comunidades de baixa renda. Estas crianças foram distribuídas da seguinte forma: 118 pertencentes à rede pública, 65 pertencentes à rede privada e 20 sem acesso a escolarização. Relevante mencionar que faz parte da amostra um grupo de 31 crianças, da rede pública e privada, com queixas de alteração de linguagem. Os dados foram coletados em três etapas. Na primeira etapa foi utilizado o Teste de Matrizes Progressivas Coloridas de Raven, e provas de consciência fonológica (categorização de sons e subtração de fonemas). Na segunda etapa foi realizado um teste de vocabulário receptivo o Test de Vocabulario en Imagenes Peabody (TVIP) e prova analogia de sentenças. Já a terceira etapa foi realizada, seis meses após a segunda etapa, com 37% da amostra total. Nesta etapa as crianças foram retestadas na prova de vocabulário receptivo a fim de analisarmos a precisão dos resultados. A fim de obter uma amostra de crianças com queixas de alteração de linguagem foi necessário realizar um questionário ou entrevista aos pais, com o objetivo de coletar dados relevantes sobre possíveis transtornos da linguagem. O processo de análise iniciouse por um delineamento das qualidades psicométricas da prova de vocabulário receptivo. Para a análise da validade dos resultados no teste, procedemos a uma serie de analises tanto de tipo paramétricos (correlações, regressões múltiplas e anovas) como não-paramétricos (SSA) visando estabelecer a relação entre o TVIP e as demais provas lingüísticas e cognitivas usadas neste nosso estudo. Observamos que as tarefas de analogia de sentenças e subtração de fonemas apresentam uma relação positiva e significativamente mais alta com o TVIP, e os resultados parecem sugerir uma maior contribuição destas tarefas para o aumento do vocabulário. Foi observado também que (a) as crianças com queixa de alteração apresentaram resultado inferior nas provas lingüísticas e que esses resultados do TVIP sugerem uma contribuição deste instrumento de avaliação para futuros diagnósticos de distúrbios da comunicação; (b) o conjunto de variáveis cognitivas e de linguagem se diferencia segundo a origem social e variáveis do desenvolvimento da criança. Enfim estes resultados são discutidos visando não somente melhor entender a aquisição e desenvolvimento do vocabulário, bem como a sua integração com outras dimensões da linguagem, como também subsidiar uma discussão psicológica acerca da necessidade da elaboração de instrumentos de medida que atendam ao rigor científico e com a qualidade necessária para subsidiar as decisões clínicas e ou acadêmicas na área de psicologia e fonoaudiologia
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8459
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Psicologia Cognitiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8980_1.pdf860.8 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.