Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8450
Título: Prevalência de grânulos de Fordyce, líquen plano oral e leucoplasia em grupo de pacientes do Serviço de Estomatologia da UFPE, entre os anos de 1999 a 2003
Autor(es): SILVA, Sônia Maria Soares da
Palavras-chave: Grânulos de Fordyce; Líquen plano oral; Leucoplasia oral
Data do documento: 2005
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maria Soares da Silva, Sônia; Carneiro Leão, Jair. Prevalência de grânulos de Fordyce, líquen plano oral e leucoplasia em grupo de pacientes do Serviço de Estomatologia da UFPE, entre os anos de 1999 a 2003. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Resumo: O objetivo deste estudo foi mapear alterações da cavidade oral e de comportamento relacionados com saúde oral, abordando dois temas, a partir de uma investigação clínica. O primeiro tema visou determinar a prevalência de grânulos de fordyce, e o segundo teve o propósito de determinar a prevalência de duas lesões potencialmente malignas, o líquen plano oral e a leucoplasia, em um grupo de indivíduos da cidade do Recife. Foram analisados prontuários de pacientes atendidos na Clínica de Estomatologia do Curso de Odontologia da UFPE, no período de janeiro de 1999 a dezembro de 2003, e computada a distribuição dessas lesões, segundo as variáveis: gênero, faixa etária e cor de pele. A amostra foi constituída de 2.281 pacientes (651 do gênero masculino e 1630 do gênero feminino), com idade variando de 1 a 90 anos. A ocorrência de Grânulos de Fordyce foi registrada em 69 (3,0%) dos indivíduos avaliados. O gênero masculino foi mais acometido do que o feminino 4,3% versus 2,5%, (p> 0,05). Ainda, a prevalência foi nula na faixa de 1 a 10 anos e mais elevada (4,1%) na faixa etária de 30 a 64 anos; variou de 2,3% entre os leucodermas a 3,5% entre os faiodermas e entre os melanodermas 2,6%, (p 0,05). Quanto ao líquen plano, sua presença foi registrada em apenas seis indivíduos (0,3%). Dentre os seis casos de líquen plano, cinco ocorreram em pacientes do gênero feminino; um caso ocorreu em paciente com idade entre 20 a 29 anos, e os outros cinco casos, entre pacientes com 30 a 64 anos. A presença de leucoplasia, foi observada em 19 indivíduos (0,8%), 13 do gênero feminino e 6 do gênero masculino Vale ressaltar, contudo, que não houve diferença estatisticamente significante entre os gêneros. A prevalência de leucoplasia aumentou com a faixa etária, demonstrando uma diferença significante entre as duas últimas faixas etárias (30 a 64 e 65 a 90) quando comparadas com cada um dos outros grupos etários
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8450
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Odontologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8506_1.pdf3,54 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.