Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8428
Título: Juventude e família : um estudo sobre jovens que deram certo na vida
Autor(es): MIRANDA, Emília Bezerra de
Palavras-chave: Famílias; Juventude; Desenvolvimento integral; História de vida; Pontos de viragem.
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Bezerra de Miranda, Emília; de Fátima de Souza Santos, Maria. Juventude e família : um estudo sobre jovens que deram certo na vida . 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: É considerável o esforço que vem sendo investido no debate acadêmico e em diversos espaços da sociedade sobre as famílias e as juventudes contemporâneas. A presente pesquisa aconteceu em meio a discussões importantes nesse âmbito, tais como o debate sobre o direito à convivência familiar e comunitária de crianças e adolescentes e as questões desafiadoras relativas às juventudes, tendo como exemplo a criação do Conselho Nacional de Juventude (CONJUVE). O trabalho teve como objetivo compreender de que forma famílias em situação de vulnerabilidade social podem se oferecer como contextos de desenvolvimento integral para jovens. Desse modo, foram utilizadas noções como desenhos de família , que indicam a multiplicidade de formas e contextos familiares presentes na sociedade contemporânea. Nessa direção, os jovens, mesmo fazendo parte de um segmento socioeconômico comum, são vistos como protagonistas de histórias singulares, as quais foram analisadas com a preocupação de fugir à lógica desenvolvimentista e normativa. O percurso metodológico caracterizou-se pela utilização do método das histórias de vida, tendo sido entrevistados(as) quatro jovens moradores de uma comunidade popular do Recife. A busca por casos, experiências, histórias que mostrem jovens que puderam desenvolver-se num ambiente saudável, traçando trajetórias de vida (consideradas) bem sucedidas criados ou não em um contexto de família nuclear, vem sendo alvo de interesse por parte de alguns pesquisadores. Assim, pretendeu-se tentar contribuir para a valorização da imagem de jovens pobres moradores(as) das comunidades populares do Recife, respeitando as suas singularidades e procurando mostrar a vivacidade de suas trajetórias, problematizando as estratégias familiares. Os resultados da pesquisa foram analisados a partir da perspectiva da Análise de Conteúdo, que busca o latente, o não dito da fala do sujeito; considerando assim a singularidade do seu discurso. Durante a análise das histórias de vida, foram discutidos conceitos e noções centrais, como a noção de desenvolvimento integral , a questão dos pontos de viragem e também o que se entendeu por dar certo na vida . Desse modo, os resultados da pesquisa apontam para a compreensão de que o desenvolvimento humano não é algo linear nem previsível e deve ser entendido como um processo que inclui, simultaneamente, avanços e retrocessos, ganhos e perdas e, principalmente, ambiguidades, rupturas e descontinuidades. Além disso, é preciso problematizar o fenômeno da família, considerando a importância das interações sociais que ocorrem para além desta, na vida das pessoas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8428
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Psicologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3727_1.pdf994,98 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.