Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8397
Title: Conversando com crianças: posicionamentos e sentidos em construção sobre família em contextos de conflito na justiça
Authors: Lacerda Meira Menezes, Katia
Keywords: Infância e criança; Conflitos familiares; Construcionismo Social; Intervenção jurídica e psicossocial
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Lacerda Meira Menezes, Katia; de Araújo Menezes-Santos, Jaileila. Conversando com crianças: posicionamentos e sentidos em construção sobre família em contextos de conflito na justiça. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: Esta dissertação localiza-se no campo multidisciplinar dos denominados novos estudos da infância que vêm se constituindo a partir da crítica à noção de infância forjada na modernidade para acolher uma concepção em construção sobre criança como produtora de cultura e como sujeito social politicamente ativo. Tais estudos defendem o investimento em pesquisas que focalizem as vozes, olhares, experiências e pontos de vista das crianças, considerando-as em seus contextos cotidianos. Em consonância com tal abordagem, o presente estudo adota uma perspectiva construcionista social, mais precisamente do modo como a compreendem os autores da Psicologia Social Discursiva, dando ênfase às noções de posicionamento e produção de sentidos. As investigações nesta perspectiva têm buscado compreender como as pessoas, por meio da linguagem em uso, explicam e lidam com o mundo em que se inserem. A partir de tal entendimento, a proposta deste trabalho consistiu em focalizar as vozes de crianças envolvidas em contextos de conflito familiar judicializado, com o objetivo de compreender de suas narrativas como elas se posicionam e constroem sentidos de família em tais contextos. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa utilizando-se como recursos metodológicos entrevistas-conversa individuais e coletivas além de produção de fotografias pelas crianças participantes propiciando a oportunidade de registrarem, de diferentes modos, suas perspectivas. Nas entrevistas coletivas optou-se pelas rodas de conversa, modalidade que favoreceu o processo dialógico entre pesquisadora e participantes e entre os próprios participantes, cujo produto constituiu-se em foco da análise. Estas conversas com as crianças permitiram uma aproximação aos cenários de conflitos familiares na perspectiva de quem não os protagoniza diretamente, ao visibilizar formas de vivenciar tais contextos do ponto de vista das meninas e meninos participantes da pesquisa. Do processo de análise realizado, foi possível perceber que as crianças não são passivas nos contextos familiares em que se inserem, antes se posicionam e produzem sentidos sobre suas experiências. Em suas narrativas identificam-se enunciados críticos sobre as relações com os familiares adultos, em que ressaltam as dificuldades de comunicação pela primazia dada à fala dos adultos. Descrevem como cristalizadas e intransigentes as posições dos adultos que, na ótica delas, dificultam ou impedem a superação dos impasses, questionando também as práticas da justiça na resolução destas questões. Denunciam obstáculos trazidos à convivência familiar em tais contextos, reivindicam espaços de fala e propõem o diálogo como caminho para superar tais impasses. Ao priorizar as narrativas dessas crianças, o interesse foi desencadear processos que suscitassem outros olhares, outras formas de dizer e de interagir nas investigações e intervenções com crianças. Ademais, o estudo empreendido pretendeu, para além de contribuir com o processo de produção do conhecimento, colaborar com o debate ético-político sobre a participação da criança no mundo social, das relações intrafamiliares aos mais diferentes espaços institucionais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8397
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3709_1.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.