Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8379
Title: Estudo sobre o desenvolvimento dos valores humanos da infância à adolescência
Authors: Waleska Camboim Lopes de Andrade, Maria
Keywords: Valores; Descentração; Desenvolvimento
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Waleska Camboim Lopes de Andrade, Maria; da Graça Bompastor Borges Dias, Maria. Estudo sobre o desenvolvimento dos valores humanos da infância à adolescência. 2006. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia Cognitiva, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Os valores humanos constituem um conjunto de elementos representativos da cultura de uma população em sua conjuntura histórica. Os valores também são considerados como orientadores do comportamento e atitudes dos indivíduos em suas experiências de vida. Um conhecimento mais aprofundado destes elementos pode permitir a elaboração de programas de intervenção para a melhoria das relações sociais, da convivência entre as pessoas. Além disto, uma melhor compreensão sobre os processos mentais pode advir do conjunto de informações que emergirão necessariamente deste estudo constituindo-se em um aporte para ampliar o conhecimento acadêmico na área entre outros resultados positivos. O presente estudo considera que, ao desenvolverem-se, as crianças e os adolescentes aumentam sua capacidade de perceber a perspectiva do outro alterando, ao mesmo tempo, suas escalas de valores. Pretende descobrir como, em conformidade com esta perspectiva, dar-se-á a apropriação dos valores pelas pessoas desde uma tenra idade até a adolescência. Adota a explicação piagetiana para o desenvolvimento dos processos mentais e, particularmente, a diferenciação das estruturas cognitivas e a formação de estruturas afetivas. Especificamente, pretende demonstrar quais dentre um conjunto de valores são aqueles que as crianças são capazes de entender ou assimilar e como estas estruturas vão se tornando mais complexas à medida que aumenta a idade e a capacidade de perceber perspectivas. Tem como objetivo identificar se existem diferenças quando se varia os gêneros e os tipos de valores, procurando descobrir uma possível estrutura de formação destes valores. Para tanto foi constituída uma amostra de 116 sujeitos com idades variando de 5 a 14 anos na maioria pertencentes a três diferentes escolas privadas da cidade de João Pessoa, Paraíba. Foi utilizado um instrumento de medida: a O Teste dos Valores Como Nomes , no qual pede-se aos sujeitos para dizerem o que entendem sobre cada um de uma lista de 12 valores extraídos dentre os culturalmente mais definidos na tipologia proposta por Schwartz (1995). Após este processo, pôde-se determinar quais os valores que reconhecem em diferentes faixas etárias e qual o grau deste reconhecimento
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8379
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Psicologia Cognitiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8926_1.pdf1.29 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.