Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8324
Title: Análise da concentração de fósforo em sedimentos dos rios Botafogo e Carrapicho, no sistema estuarino do Canal de Santa Cruz, Itamaracá, PE
Authors: Lima Gaspar, Felipe
Keywords: Fracionamento de fósforo; Sedimento de estuário; Canal de Santa Cruz
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Lima Gaspar, Felipe; de Jesus Flores Montes, Manuel. Análise da concentração de fósforo em sedimentos dos rios Botafogo e Carrapicho, no sistema estuarino do Canal de Santa Cruz, Itamaracá, PE. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Oceanografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: A identificação das formas químicas do fósforo presente nos sedimentos é uma ferramenta útil na avaliação das possíveis fontes deste nutriente para as regiões estuarinas, além de possibilitar a identificação dos processos biogeoquímicos que controlam a disponibilidade do fósforo nos ambientes tropicais. Este trabalho refere-se à distribuição espacial e sazonal das frações biodisponível, orgânica e apatítica do fósforo, nos sedimentos dos estuários de dois rios, um considerado poluído (rio Botafogo), e outro sob menor influência de atividades antrópicas (rio Carrapicho), localizados no Complexo Estuarino do Canal de Santa Cruz (Itamaracá PE). Também foram avaliadas as relações entre as concentrações de fósforo no sedimento, com a granulometria e os parâmetros físicos e químicos da água. As concentrações de fósforo no sedimento não sofreram variação sazonal definida e apresentaram correlação negativa com a salinidade, indicando que as maiores concentrações estão nas áreas de menor salinidade, e que o fósforo encontrado na região é de origem continental. Os teores de fósforo apresentaram correlação positiva com o conteúdo de silte-argila nos sedimentos, evidenciando a importância dos processos que ocorrem na superfície das partículas de sedimento à importância dos processos que ocorrem na superfície das partículas de sedimento para a retenção do fósforo e outras substâncias. A maior concentração de fósforo apatítico foi registrada na estação do Canal de Santa Cruz, com menor porcentagem de fósforo orgânico e biodisponível, indicando mineralização ao longo dos estuários e a troca entre fósforo biodisponível e apatítico por influência do aumento da salinidade e pH. O estuário do rio Botafogo apresentou as maiores concentrações de fósforo orgânico, biodisponível e total, devido ao maior conteúdo de silte-argila dos sedimentos e à maior influência que este estuário recebe de atividades antrópicas, como o lançamento de efluentes domésticos, agrícolas, e de aqüicultura
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8324
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Oceanografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2376_1.pdf2.24 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.