Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8223
Título: Avaliação da condição periodontal e dos marcadores de controle metabólico em pacientes diabéticos
Autor(es): Maria de Aguiar Bello, Darcyla
Palavras-chave: Diabetes Mellitus Tipo 2; Periodontite; Doenças Periodontais; Hemoglobina Glicosilada; Glicemia.
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maria de Aguiar Bello, Darcyla; Cimões Jovino Silveira, Renata. Avaliação da condição periodontal e dos marcadores de controle metabólico em pacientes diabéticos. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: Avaliar a condição periodontal em pacientes diabéticos tipo 2 e relacionar com os marcadores de controle metabólico. Metodologia: 92 pacientes diabéticos que faziam tratamento em dois centros de referência na cidade do Recife, Brasil, foram convidados a participar deste estudo. Foi realizado exame clínico periodontal em seis sítios de cada dente, avaliando a profundidade de sondagem, sangramento à sondagem, perda de inserção, placa dental e número de dentes presentes. A doença periodontal foi definida como a presença de 4 + sítios com perda de inserção de ≥ 5 mm com um ou mais destes sítios com profundidade de sondagem de 4 + mm. Exames hematológicos foram realizados para avaliar os marcadores metabólicos (hemoglobina glicosilada, glicemia em jejum, triglicerídeos, colesterol total, colesterol HDL e LDL). Resultados: Quanto às condições periodontais 59,8% dos pacientes diabéticos tinham doença periodontal , a média de sangramento e placa foi 33,8% e 61,07%, respectivamente. A maioria dos pacientes com níveis glicêmicos elevados (≥126 mg/dL) apresentaram DP (62,3%), em relação ao perfil lipídico os pacientes com doença periodontal apresentaram-se controlados. Não foi observada associação estatística significante entre a condição periodontal e os marcadores de controle metabólico (p>0,05). Conclusão: Para população estudada não houve associação entre a condição periodontal e os marcadores de controle metabólico
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8223
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Odontologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo4057_1.pdf505,77 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.