Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8195
Título: A emergência de condutas argumentativas de oposição na brincadeira infantil em ambiente virtual
Autor(es): BASÍLIO, Lysia Rachel Moreira
Palavras-chave: Argumentação; Condutas opositivas; Desenvolvimento; Brincadeira Infantil; Tipos de Contra-argumentos
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Rachel Moreira Basílio, Lysia; Leitão Santos, Selma. A emergência de condutas argumentativas de oposição na brincadeira infantil em ambiente virtual. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia Cognitiva, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: A investigação de condutas argumentativas tem lançado luz sobre questões centrais da psicologia e da cognição, como os modos de constituição do psiquismo e os aspectos envolvidos no processo de aprendizagem. Mais recentemente, estudos que abordam a gênese das condutas argumentativas de oposição têm se constituído em foco de interesse na medida em que possibilitam a investigação da emergência precoce de condutas argumentativas opositivas preciosas ao desenvolvimento sócio-cognitivo humano. Como parte deste esforço de pesquisa, o presente estudo teve como objetivo específico a investigação dos diferentes tipos de condutas opositivas que emergem da situação de brincadeira em crianças dos três aos cinco anos de idade. Para tanto, foram analisados os registros videográficos de 03 díades de crianças (uma masculina, uma feminina e outra mista) engajadas na realização da brincadeira proposta: formatação de um quarto virtual de boneca através da execução de uma série de comandos simples para escolha de objetos a serem inseridos no quarto. Sete categorias de objetos deveriam ser escolhidas: armário, janela, cadeira, luminária, quadro, cama e animal de estimação. Em cada categoria, foram fornecidas cinco opções para a escolha. Após demonstração dos comandos para realização da atividade no computador, solicitou-se às duplas que escolhessem a mobília do quarto livremente, a única condição foi a de que todas as escolhas fossem realizadas a partir de um consenso. Desta condição, emergiram os diversos tipos de condutas de oposição. Utilizou-se para tratamento dos dados a análise qualitativa, micro-analítica e descritiva, atentando-se para as relações dinâmicas entre os participantes capturadas pelas videografias e transcrições dos episódios de brincadeira das díades de crianças. Os resultados demonstram uma grande variabilidade de tipos de condutas opositivas, o que vem reforçar as correntes que admitem a ocorrência precoce de formas básicas de funcionamento de linguagem-pensamento
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8195
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Psicologia Cognitiva

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3871_1.pdf967,96 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.