Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8168
Title: Dentes artificiais: oferta e consumo no mercado odontológico de Recife, Brasil
Authors: FARIAS, Alan Bruno Lira de
Keywords: Dente artificial; Prótese dentária; Materiais dentários.
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Bruno Lira de Farias, Alan; Orestes Cardoso, Silvana. Dentes artificiais: oferta e consumo no mercado odontológico de Recife, Brasil. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: Este estudo objetivou analisar o consumo de dentes artificiais no mercado odontológico, elucidando os critérios empregados pelos cirurgiões-dentistas (CDs) e técnicos em prótese dentária (TPDs) na escolha dos dentes artificiais. Para isto, um formulário elaborado pelos pesquisadores foi aplicado a uma amostra de 157 CDs, 42 TPDs e 10 revendedores de dentes artificiais, na cidade do Recife, Pernambuco, Brasil. Os dados foram submetidos a estatística descritiva e analítica (nível de significância de 5%). Entre os critérios mencionados para a escolha da marca dos dentes artificiais, destacaram-se, com percentuais estatisticamente semelhantes: a estética (77,2% dos participantes) e a resistência mecânica (71,5%), não havendo diferenças entre os CDs especialistas em Prótese Dentária, os não especialistas e os TPDs. O dente artificial escolhido foi, juntamente com a dificuldade do caso, o fator que mais influenciou a variação de preço de um trabalho protético, em se tratando de um mesmo tipo de prótese (prótese total, prótese parcial removível ou prótese fixa). Na opinião dos profissionais, os aspectos dos dentes artificiais que mais necessitam de melhoramentos foram a estética, a resistência mecânica e a adesão às resinas de base. Concluiu-se que, diante da ampla variedade de dentes artificiais à disposição dos profissionais, os critérios de maior influência para escolha de dentes artificiais foram a estética e a resistência mecânica, não havendo, neste aspecto, diferenças entre os CDs especialistas em Prótese Dentária, os não especialistas e os TPDs
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8168
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4022_1.pdf334.69 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.