Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8117
Título: Sintomas de estresse pós-traumático em bombeiros militares em Pernambuco: um estudo descritivo e sociodemográfico
Autor(es): MILET, Nathalia de Carvalho
Palavras-chave: Transtorno de estresse pós-traumático; Bombeiros; Fatores sociodemográficos
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: de Carvalho Milet, Nathalia; Botelho Sougey, Everton. Sintomas de estresse pós-traumático em bombeiros militares em Pernambuco: um estudo descritivo e sociodemográfico. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Neuropsiquiatria e Ciência do Comportamento, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: O Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) pode ser entendido como a perturbação psíquica decorrente e relacionada a um evento fortemente ameaçador ao próprio paciente ou sendo este apenas testemunha da tragédia. O transtorno consiste em um tipo de recordação que é mais bem definido como revivência, pois é muito mais forte que uma simples recordação. O TEPT é um transtorno mental que foi descoberto através da observação em veteranos de conflitos do Vietnã, os quais quando voltavam da guerra, não conseguiam dormir, tinham pesadelos recorrentes, flashbacks sobre o ocorrido. Acreditava-se que esse transtorno era apenas conseqüência das guerras. Hoje se mostra que eventos que acontecem no dia-a-dia das pessoas podem ocasionar TEPT. O objetivo geral foi analisar e compreender o Transtorno de Estresse Pós-Traumático, na realidade de estresse ocupacional e doença psiquiátrica em bombeiros na cidade de Recife-PE. Já os objetivos específicos foram: verificar a presença do transtorno de estresse pós-traumático nos bombeiros; estimar a frequência de aparecimento de casos; descrever as características biosociodemográficas dos bombeiros; descrever o perfil psicológico/ psiquiátrico dos bombeiros e discutir, à luz dos resultados encontrados, o transtorno de estresse pós-traumático dentro do contexto dos cinco grupamentos. Foi feito um estudo descritivo, analítico e quantitativo com recursos de observação, questionários (biosociodemográfico e Questionário de Saúde Geral (QSG)) e escala (PCL-C). Foram entrevistados 163 Bombeiros, divididos em grupamentos: grupamento incêndio 68 sujeitos; 34 do grupamento salvamento terrestres; 29 do grupamento salvamento marítimo e 32 no grupamento resgate e atendimento pré-hospitalar. Os instrumentos aplicados foram os seguintes: questionário sociodemográfico composto de perguntas diretivas; o PCL-C (Post- Traumatic Stress Disorder Checklist Civilian Version), que é uma escala autoadministrada, amplamente utilizada para avaliar sintomas relacionados a traumas e o Questionário de Saúde Geral de Goldberg (QSG), o qual é um questionário de auto-relato de 60 itens. Os itens variam em sua formulação, ora como sintomas, ora como comportamentos normais. As análises estatísticas foram divididas em duas partes. Em primeiro lugar foi realizada uma apresentação descritiva dos dados e a segunda parte foi análise inferencial, é nela que se busca identificar características biosociodemográficas e de trabalho que detectam o estresse pós-traumático. Assim, a prevalência de TEPT encontrada foi de 59,5% e que dos dados sociodemográficos a saúde física e o viver como casado influenciam no TEPT. Se o sujeito já foi a um atendimento psicológico e se já aconteceu algum evento anterior, gênero, idade, nível educacional, não influenciam no TEPT. Ao avaliarmos individualmente, por cada grupamento, a prevalência do TEPT foi: Incêndio 57,35%, Marítimo 62,06%, Terrestre 76,47%, Atendimento e resgate pré-hospitalar 43,75%. Contudo, ao analisarmos o perfil psicológico/ psiquiátrico damos destaque ao stress psíquico, desconfiança no desempenho, distúrbios do sono e distúrbios psicossomáticos. Por fim, é necessário que a família e a Corporação visualizem esses resultados não como negativos, mas sim como positivos, para proporcionar uma melhor qualidade de vida a seus funcionários. Novas pesquisas devem ser feitas neste campo não explorado
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8117
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Neuropsiquiatria e Ciência do Comportamento

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo1423_1.pdf722,58 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.