Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8110
Title: A construção da identidade de adolescentes na cultura HIP HOP
Authors: Teles Marques, Adalberto
Keywords: Cultura Hip Hop; Adolescência; Identidade; Narrativa; Cronótopos
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Teles Marques, Adalberto; da Conceição Diniz Pereira de Lyra, Maria. A construção da identidade de adolescentes na cultura HIP HOP. 2009. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia Cognitiva, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: O objetivo desse trabalho foi investigar a construção da identidade dos adolescentes participantes da cultura Hip Hop na cidade do Recife. Investigamos 20 adolescentes, com idades variando dos 11 aos 19 anos de idade. A investigação foi feita a partir das histórias que os adolescentes contaram acerca de sua participação na cultura Hip Hop. Esse trabalho foi feito tendo como esteio uma abordagem que concebe a identidade como um processo em que a pessoa reconhece que pertence a determinado grupo social. A construção da identidade seria resultado de um processo de categorização e autocategorização, que permite ao sujeito reconhecer similaridades no interior de seu grupo, enquanto percebe diferenças em relação a outros grupos e, por comparação, desenvolve um conjunto de atitudes e crenças, e adota as normas do grupo, no sentido de tornar-se membro dele. Foram analisadas as 20 narrativas orais livres, usando uma proposta metodológica de análise narrativa, que tem como foco o contexto de desenvolvimento da experiência. A análise permitiu acompanhar o processo de significação que emergiu das ações inseridas no contexto. Para entender a construção da identidade em um contexto, nós usamos os conceitos de mimesis 1 e de cronótopo, que permitiram levantar os tempos e os espaços que emergem da experiência narrada. A consideração conjunta desses tempos que se espacializaram, formando cronótopos, permitiu acompanhar a imagem de um sujeito que se transforma historicamente, enquanto constrói sua identidade. Foram identificados quatro tempos (tempo antes do encontro, tempo do encontro, tempo depois do encontro e tempo de futuro) que, por sua vez, se espacializaram em quatro espaços de significação (individual, do outro, concreto e de criação) formando assim a organização cronotópica. A construção da identidade é um processo em que a insatisfação e a busca por novos contextos de participação conduzem o adolescente ao impacto do encontro com diferente culturas, como a cultura Hip Hop, por nós investigada. Tal fato, dispara o processo de identificação. A participação no grupo de Hip Hop promove a efetivação do adolescente como identificado ao contexto do grupo. As aspirações e perspectivas de futuro estão atreladas à continuidade e prospecção do grupo de cultura Hip Hop no futuro
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8110
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Psicologia Cognitiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo824_1.pdf1.89 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.