Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7972
Título: Jogo das metáforas pictórico-literárias na representação do ser integral: o expressionismo segundo Edvard Munch e Lúcio Cardoso
Autor(es): Maria da Silva, Sandra
Palavras-chave: Literatura; Pintura; Lúcio Cardoso; Edvard Munch; Crônica da casa assassinada; O friso da vida; Intersemiose; Expressionismo
Data do documento: 2004
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maria da Silva, Sandra; Lucia Ramalho de Farias, Sonia. Jogo das metáforas pictórico-literárias na representação do ser integral: o expressionismo segundo Edvard Munch e Lúcio Cardoso. 2004. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Resumo: A integração entre literatura e pintura é tema discutido desde a Antigüidade. A ausência de unanimidade sobre a pertinência da relação denota por si, a riqueza inerente ao assunto. Nesta pesquisa intersemiótica aproximamos o pintor norueguês Edvard Munch e o escritor brasileiro Lúcio Cardoso. A partir da análise do romance Crônica da Casa Assassinada e da seqüência de quadros intitulada O Friso da Vida encontramos o ponto de interseção entre as obras. A despeito das diferenças e através do espírito expressionista encontramos a representação do Ser Integral com suas áreas de sombra e de luz
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7972
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Linguística

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8352_1.pdf1,28 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.