Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7941
Título: O espaço móvel literário: Machado de Assis e Osman Lins
Autor(es): Soares Da Silva, Ricardo
Palavras-chave: Machado de Assis;Osman Lins
Data do documento: 2003
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Soares Da Silva, Ricardo; Lucia Ramalho de Farias, Sonia. O espaço móvel literário: Machado de Assis e Osman Lins. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Resumo: Este estudo tem como objetivo evidenciar as ressonâncias, dissonâncias e consonâncias estético-formal entre Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881) e A Rainha dos Cárceres da Grécia (1976), sob o enfoque do 'espaço', tema bastante discutido nas obras desses escritores e críticos: Machado de Assis e Osman Lins. O espaço não é uma categoria estática e, por isso, deve ser associada a uma outra tempestade de coordenadas. A consideração tomadas sobre a subjetividade do representação - mimesis e verossimilhança - que laços, na modernidade, elaborações conseqüente entre os sujeitos da ação e sua / seu arco social. A concepção de espaço deixa do que foi apresentados no provocações teóricas assumidas em ambos os autores, quando, tomando consciência em direção reflexiva sobre a naturalização do sinal eo sinal estrutural imanente, respectivamente, eles procuraram fazer cálculos de novo a realidade teórico-literário de sua época
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7941
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Linguística

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8215_1.pdf585,86 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.