Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7853
Title: Núpcias de fogo : vapirismo, inveja e ódio em tia Clara
Authors: Ricardo Silva, Adriano
Keywords: Nelson Rodrigues; Vampiros
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Ricardo Silva, Adriano; Joachim, Sébastien. Núpcias de fogo : vapirismo, inveja e ódio em tiaClara. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Vampiros são seres que roubam a força vital de suas vítimas contida no sangue. É baseado em Stoker que construímos essa concepção e é a partir dela que propomos a análise do romance Núpcias de Fogo de Nelson Rodrigues. Para Stoker a idéia de vampiro , surge da análise do hábito que Vlad Tspesh, da Romenia, tinha de beber o sangue de seus inimigos mortos. Ele inspirou a construção da personagem mais popular de Stoker, o Vampiro Drácula que é uma figura mítica cercada de lendas que vão desde o seu poder sobrenatural, até a sua forma peculiar de morrer. Na nossa pesquisa, o vampiro de Stoker aparece como um modelo metafórico que serve de base para a análise da personagem tia Clara do romance supracitado. Ela é uma mulher misteriosa, austera e gosta de controlar a todos. Mora na casa do irmão e , no entanto, manipula todas as pessoas que vivem nesse mesmo espaço. Cruelmente fria Tia Clara deposita todo o seu suposto amor na sobrinha mais nova, Dóris, tratando-a como uma filha que nunca teve, quer dizer, no seu desejo psicótico fabrica, na figura dessa sobrinha, um filho e condena-o a testemunhar de seu poder absoluto. Como se pode perceber esse trabalho tem como base leituras interdisciplinares de Literatura e Psicanálise, cruzando elementos da construção do discurso da personagem em questão com concepções psicanalíticas encontradas basicamente em Freud e Lacan. Contudo não se trata de um trabalho preocupado em desvendar os caminhos psicológicos do comportamento humano e sim uma análise crítica de uma personagem literária específica, tendo como premissa a concepção de vampiro apresentada por Stoker, voltando-se para os elementos da construção dessa personagem, situando os aspectos sociais e culturais utilizados no desenvolvimento do discurso romanesco da obra em questão
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7853
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Teoria da Literatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo7872_1.pdf536.81 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.