Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7831
Title: Indicadores de desenvolvimento sustentável : uma proposta para o Estado de Pernambuco
Authors: de Souza Leão Pereira, Albertina
Keywords: Desenvolvimento Sustentável;Indicadores de Desenvolvimento Sustentável;Indicadores para Pernambuco
Issue Date: 2004
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Souza Leão Pereira, Albertina; Raimundo Oliveira Vergolino, Jose. Indicadores de desenvolvimento sustentável : uma proposta para o Estado de Pernambuco. 2004. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Gestão e Pública p/ o Desenvolvimento do Nordeste, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Abstract: Este trabalho tem por objetivo pesquisar, selecionar e elaborar um conjunto de indicadores, que contribuam para ampliar o leque de instrumentos destinados a mensurar os resultados alcançados por programas/projetos que adotam a abordagem do Desenvolvimento Sustentável. Apresentamos, no trabalho, uma análise comparativa dos modelos de indicadores de desenvolvimento sustentável pesquisados na literatura, avaliando-se os conceitos, critérios de seleção e as variáveis utilizadas, bem como os suportes teóricos considerados para validação dos modelos. Assumimos como suportes teóricos a concepção de desenvolvimento sustentável e a teoria de sistemas. Adotamos o Desenvolvimento Sustentável porque este novo conceito de desenvolvimento, segundo Buarque (1996, p.55), se apóia numa visão holística da realidade que conduz a uma abordagem sistêmica, portanto alia-se à teoria de sistemas principalmente quando tratamos de sistemas abertos. E a abordagem sistêmica com ênfase no conceito de orientadores de viabilidade de sistemas aplicados para validação de indicadores de desenvolvimento sustentável (BOSSEL, 1999) foi nosso suporte teórico para a seleção dos indicadores. O teste empírico foi realizado através da aplicação dos indicadores para os municípios do Estado de Pernambuco, com os dados estatísticos disponíveis no ano de 2000, tendo em vista que temos a disponibilidade de dados do censo demográfico e algumas pesquisas, além de diversos registros administrativos. Como pressuposto, tinha-se que um conjunto de indicadores capazes de captar as especificidades do conceito de Desenvolvimento Sustentável e sensíveis às características do território estudado contribuiria para a avaliação dos resultados alcançados por Programas de Desenvolvimento Local Sustentável e se tornaria instrumento de apoio à definição de políticas públicas sustentáveis. Assim, a questão central deste trabalho é: Qual o conjunto de indicadores que melhor representaria as dimensões do Desenvolvimento Sustentável no Estado de Pernambuco? Durante o processo de investigação, foram selecionados os indicadores que melhor responderam a questão da pesquisa, apoiados pelo enfoque teórico adotado, considerando sua adequação à realidade do Estado de Pernambuco. Descrevemos suas características, critério de seleção e sua relevância para mensurar o Desenvolvimento Sustentável. Para isso, utilizamos um mapeamento de satisfação dos orientadores de sistema e as folhas de metodologia propostas pela Comissão de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas CSD/ONU. Os indicadores foram agrupados segundo as dimensões social, econômica, ambiental e institucional, contidas no conceito de Desenvolvimento Sustentável assumido neste trabalho. Definido o conjunto de indicadores apoiados no referencial teórico, o trabalho teve continuidade com a etapa de validação empírica dos mesmos, quando se realizou o levantamento dos dados para os municípios do Estado de Pernambuco, utilizando-se as informações disponíveis nas instituições pesquisadas. A análise dos indicadores usou como suporte teórico a teoria de orientadores de sistemas desenvolvida por Bossel1. Segundo esse autor, os orientadores são rótulos característicos de cada concepção e/ou interesse que determinam as decisões. Eles representam cada interesse, valor, critério ou objetivo. Assim, diferentes sistemas podem ter os mesmos orientadores, mas provavelmente os indicadores correspondentes não serão os mesmos. Os resultados dessa investigação estão apresentados em forma de tabelas, gráficos e mapas. A análise dos resultados procura mostrar a interação dos indicadores com a realidade do espaço geográfico estudado à luz do suporte teórico adotado
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7831
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo7928_1.pdf2.85 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.