Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7826
Title: Linguagem figurada em passagens bíblicas
Authors: Ferreira da Costa, José
Keywords: Poder; Língua; Retórica
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Ferreira da Costa, José; Medeiros de Carvalho, Nelly. Linguagem figurada em passagens bíblicas. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Nem tudo que acontece à volta das pessoas é perceptível por elas. Talvez esta afirmação se encaixe no que se refere à questão do poder. Ele permeia as relações sociais, está presente de alguma forma onde seres humanos se encontram para fazer alguma coisa, entretanto, nem todos percebem que alguns têm mais poder que outros. Assim, o poder envolve uma autêntica rede de relações e eventos. E esta constatação nos leva a uma idéia básica: como usar o poder com inteligência, isto é, como usar o poder em benefício próprio, quando este for o caso, e quando o utilizar em benefício da maioria, das grandes causas sociais. O que está em jogo no jogo do poder é: como usar determinadas porções de poder em prol dos que dele necessitam, sem eliminar os opositores, sem transformar o exercício do poder em autoritarismo, sem esmagar os que fazem o contraponto ao poder que, na prática, justifica nossa existência e a validade dos nossos desejos de poder. Mas como exercer o poder, senão discursivamente? Então o poder não existe por si só, ele só existe na sociedade, nas relações sociais. E aqui entra um outro poder que está inseparado das diversas formas de poder: o poder da língua. A língua, não simplesmente como um código, ou como um instrumento de comunicação ou de transmissão de idéias. Mas a língua como um constructo social e histórico, como uma entidade produtiva, como dialogia e interação, como o espaço privilegiado do exercício das relações sociais, com todas as implicações daí decorrentes. E o poder e o poder da língua, da linguagem, poderá ter mais ou menos eficácia, a depender dos recursos estilísticos ou retóricos utilizados no discurso. Este trabalho objetiva proceder a uma análise interpretativa de algumas passagens do Antigo e do Novo Testamento, com base em teorias que nos pareceram suficientes, adequadas para analisar o corpus escolhido. O corpus tem por base um dos livros mais interessantes e lidos da humanidade e encontramos nele os dois pilares básicos da nossa dissertação: as relações de poder e as figuras de retórica. Os resultados obtidos pela análise empreendida dão sustentação às hipóteses da pesquisa
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7826
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo7589_1.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.