Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7793
Title: Amores de ontem, amores de outrora : emoção e gênero no Recife dos anos 1920 e 1930
Authors: MEDEIROS, Hugo Augusto Vasconcelos
Keywords: Recife;Modernidade;Gênero;Análise do discurso;Amor
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Augusto Vasconcelos Medeiros, Hugo; Paulo de Morais Rezende, Antonio. Amores de ontem, amores de outrora : emoção e gênero no Recife dos anos 1920 e 1930. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: O objetivo do nosso trabalho é analisar os discursos construídos sobre o amor nos periódicos recifenses durante os anos 1920 e 1930, época em que a cidade viveu mudanças no cotidiano provocadas pelo contato com a modernidade, que se expressava, sobretudo, através das invenções modernas, como a geladeira ou o telefone. O amor pode também ser inserido na onda das invenções modernas e na relação entre o antigo e moderno, pois nesse período são propostas novas formas de amar, concernentes com as novas práticas de sociabilidade e espaços que surgiam, como, por exemplo, o flirt, o footing, a chegada do carro, do cinema, ou do fortalecimento da atuação feminina na vida pública e na imprensa. Para empreendermos nosso estudo, utilizaremos como fontes A Pilhéria, a revista de variedades mais longeva da época, o Diário de Pernambuco, o Jornal do Commercio, e o Jornal Pequeno, jornais de maior circulação na cidade; o que privilegiará a análise das classes médias urbanas, principais consumidoras dos periódicos e das informações e práticas que eles revelam. Contudo, entendemos que a chegada destas invenções e o contato com a Modernidade deram-se de formas diferentes para cada um dos grupos que compunham a cidade, de acordo com as possibilidades que eles tinham de se apropriarem das novidades. Assim sendo, aqui, nos preocuparemos com os diversos significados que o amor assumia para os homens e as mulheres da cidade, notando como diferentes modelos são confeccionados de acordo não somente com as distintas temporalidades (moderno x antigo) presentes em uma época, mas também de acordo com as disputas inseridas nas relações de gênero
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7793
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo773_1.pdf1.9 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.