Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/779
Title: Deus é brasileiro e só voa com a VARIG!: cultura, identidade e nação numa época de incertezas e de rápidas transformações
Authors: Valéria De Almeida Rodrigues, Madiana
Keywords: pesquisa etnográfica; antropologia; cultura; identidade nacional
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Valéria De Almeida Rodrigues, Madiana; Salete Barbosa Cavalcanti, Josefa. Deus é brasileiro e só voa com a VARIG!: cultura, identidade e nação numa época de incertezas e de rápidas transformações. 2006. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Antropologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Esta tese apresenta os resultados da pesquisa etnográfica, realizada sobre uma empresa aérea. Trata do processo de mudanças organizacionais ocorrido, nos últimos anos, naquela que foi a maior empresa aérea privada, da América Latina, a VARIG. O trabalho de campo foi realizado no período compreendido entre o início do ano de 2002 e final do ano de 2006. Depoimentos de funcionários e análise de documentos obtidos na empresa, nas bases operacionais de Recife, Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo e Paris, como também em sindicatos e associações de classe, além de jornais e revistas constituem o material aqui estudado. Tem como objetivo mostrar a importância do desenvolvimento aeroviário relacionado aos processos de constituição de identidades sociais e de nacionalidades na formação do Estado-Nação brasileiro. As hipóteses fundamentais da tese são as de que: a) as práticas e as representações dos agentes sociais, que configuram a cultura da empresa, vêm revelando formas de organização matizadas por variáveis identitário-nacionais; b) a identidade, numa época de globalização, constitui mais propriamente um processo infindável de identificações relacionado ao desejo de reconhecimento de direitos. Os principais resultados da tese demonstram que, no universo simbólico da aviação civil, a empresa aérea Varig, fornece, não apenas trabalho e renda, mas sobretudo elementos para a construção de identidades sociais e da própria identidade nacional brasileira. Entre as principais evidências sobre essa construção, estão a valorização positiva do serviço, o modo de organização econômica e social da empresa, o lugar reservado às atividades aéreas na economia brasileira, o modo de integração das cidades atendidas na sociedade mais ampla e o caráter simbólico das relações com o vôo, propriamente dito. Especial atenção mereceu o fato de que desde o ano de 2000, quando a Fundação Ruben Berta, controladora da companhia, vinha promovendo mudanças que resultaram numa nova onda de reestruturação da empresa, especialmente, numa profunda ruptura dos valores que norteavam as relações até então estabelecidas entre a empresa e seus funcionários e entre a empresa e agentes sociais com mais poder dentro do mercado aéreo brasileiro. Ao final, a companhia foi comprada por um fundo norte-americano Matlin Patterson, em julho de 2006. Desta forma, assim como muitos objetos da antropologia, o paradigma do objeto em-vias-de-extinção é bem apropriado para a aparente irreversibilidade dos processos de mudança sofridos pela empresa. A tese chama atenção, em especial, para as idéias que impregnam os discursos dos dirigentes e funcionários, sobretudo, na utilização e na forma como conceitos de nação, de identidade e de globalização, criam realidades
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/779
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Antropologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4708_1.pdf9.76 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.