Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7752
Title: Autobiografia e memória: uma comparação entre as obras Historie de ma Vie e Voltar a Palermo
Authors: MACIEL, Anamélia Dantas
Keywords: Literatura comparada; Autobiografia e memória; Feminismo; Metaficção historiográfica
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Dantas Maciel, Anamélia; Nogueira Rodrigues, Lucila. Autobiografia e memória: uma comparação entre as obras Historie de ma Vie e Voltar a Palermo. 2011. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Esta tese realiza um estudo comparativo entre as obras Voltar a Palermo, de Luzilá Gonçalves Ferreira e Histoire de ma vie de George Sand, no que se refere aos conceitos sobre memória e autobiografia , como também investiga a forma como as autoras apresentam o papel da mulher em suas obras. O objetivo principal é verificar se existe dialogismo entre as referidas narrativas, tentando preencher uma lacuna em relação ao estudo comparativo das obras citadas, já que não foram encontrados registros de pesquisas ou trabalhos publicados com esta conotação. A metodologia tomou como base a pesquisa das teorias autobiográficas, em especial o pacto autobiográfico de Philippe Lejeune, como também os conceitos sobre autobiografia, autoficção e memória adotados por Jean Starobinsk, Willemart, Alicia Molero de La Iglesia, Serge Doubrovsky, e Costa Lima, os de literatura comparada de Eduardo Coutinho,Gilda Neves Bittencourt e Sandra Nitrini, os conceitos sobre intertextualidade de Gérard Genette, Julia Kristeva, além da teoria de Linda Hutcheon sobre metaficção historiográfica. Além da leitura analítica dos livros selecionados realizou-se pesquisa em trabalhos publicados sobre as autoras em livros, jornais e periódicos. A conclusão desta tese é que existe um dialogismo entre as obras citadas no que se refere ao tipo do discurso, caracterizando uma paratextualidade, porém as narrativas são diferentes em relação aos conceitos sobre autobiografia e memória, quando Voltar a Palermo se caracteriza como um romance autobiográfico, enquanto Histoire de ma vie se reveste das características de uma obra memorialística
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7752
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Teoria da Literatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8558_1.pdf3.61 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.