Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7682
Title: A ponte sobre o abismo da alogeneidade: estudos literários e estudos culturais
Authors: Henrique Seidel, Roberto
Keywords: Estudos culturais; Teoria literária; Identidade; Diferença; Alogeneidade
Issue Date: 2004
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Henrique Seidel, Roberto; Gerhard Mike Walter, Roland. A ponte sobre o abismo da alogeneidade: estudos literários e estudos culturais. 2004. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Abstract: O presente trabalho trata das interfaces entre estudos literários e estudos culturais no estágio atual de discussões acadêmicas na área de Teoria da Literatura, a partir do ponto de vista da América Latina, mediante análise textos oriundos de diversas tradições. Apesar de dar conta preponderantemente de textos narrativos no formato livro , não deixa de contemplar textos mais caracteristicamente culturais, tais como canções em CD, poemas ditos marginais , bem como textos da tradição oral. Dessa forma, o trabalho questiona categorias epistemológicas da tradição filosófica ocidental como, p. ex., a noção de identidade e diferença na linguagem mesma, grafocentrismo, representação, territorialidade , contrastando-as com outras categorias colocadas em evidência nas discussões em torno dos estudos culturais como, p. ex., identidade e diferença cultural, limite e fronteira simbólica, hibridismo, antropofagia, entre-lugar. Ao constatar que o texto literário-cultural está cada vez mais a serviço de estratégias político-discursivas, seja no interior do contexto em que ele surge e é primeiramente significado, seja no interior de contextos alienígenas, aos quais chegou por intermédio dos processos de desterritorialização e reterritorialização patentes do estágio atual de interconexão informacional em nível global, seja ainda a serviço de poderes hegemônicos locais, nacionais ou globais, o trabalho defende a tese de que o texto literário-cultural serve como elo de ligação entre as singularidades de grupos culturais intrinsecamente diferentes entre si ao encenar e figurativizar contradições e tensões sócio-culturais. Para tanto a argumentação lança mão do tropos da ponte sobre o abismo das alogeneidades: o texto como articulação sígnico-cultural capaz de dar passagem ao ser por sobre conflitos e tensões presentes no mundo da vida das culturas humanas. Todo o esforço epistemológicoargumentativo se orienta para essa premissa, acreditando assim inscrever a prática hermenêutico-crítica do texto literário-cultural como forma válida para a contribuição por um mundo em que as diferenças estejam democraticamente em diálogo umas com as outras, inter e intraculturalmente, local e globalmente
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7682
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8333_1.pdf539.06 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.