Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7657
Title: Imprensa e discurso político : as disputas pelo poder no Governo de Chagas Rodrigues (Piauí, 1959-1962)
Authors: de Sousa Lima, Flávia
Keywords: Política piauiense; Chagas Rodrigues; Imprensa; Discurso; Trabalhismo
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Sousa Lima, Flávia; Jay Hoffnagel, Marc. Imprensa e discurso político : as disputas pelo poder no Governo de Chagas Rodrigues (Piauí, 1959-1962). 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: O presente trabalho tem como objeto o Governo de Francisco das Chagas Caldas Rodrigues, o qual se desenrolou entre os anos de 1959 a 1962 no Piauí. Nosso objetivo orientou-se na investigação das estratégias e práticas implementadas pelo governador, visando transformar as práticas políticas desenvolvidas pelo que chamou de grupos oligárquicos . As formas, pelas quais, a imprensa escrita e radiofônica representaram o Governo de Chagas Rodrigues, seja tornando as formas de administração racional , seja no apoio às Reformas de Base de João Goulart, dentre as quais, destacou-se a Reforma Agrária, seja apoiando o movimento sindical, urbano e rural. As fontes empregadas foram os jornais (O Dia, Folha do Nordeste, Jornal do Piauí, Folha da Manhã, Jornal Estado do Piauí, Jornal do Comércio) e as fontes oficiais, destacando-se as Mensagens governamentais dirigidas ao Poder Legislativo do Piauí. Os discursos de Chagas Rodrigues eram carregados de signos que emanavam esperança ao povo castigado pelas condições de vida que levavam. Para compreendê-los e analisá-los nos apropriamos dos conceitos de Teatralização do Poder, a partir de Georges Balandier, bem como a ideia de Mitologia política de Raoul Girardet. O Piauí, denominado miserável e pobre pelos políticos, teria durante esses quatro anos de governo uma administração assistencialista e reformista, antes desconhecida no Estado. A proposta de trabalhar tenazmente pelo Piauí toma sentido, a partir do momento em que o governador Chagas Rodrigues expressa isso como resposta àqueles que faziam oposição à sua administração estadual
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7657
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo7016_1.pdf2.42 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.