Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7610
Title: Liberdade interditada, liberdade reavida: escravos e libertos na Paraíba escravista (século XIX)
Authors: da Vitória Barbosa Lima, Maria
Keywords: Liberdade; Festa negra; Cativeiro ilícito; População negra; Paraíba do Século XIX
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: da Vitória Barbosa Lima, Maria; Maria Godoy Silveira, Rosa. Liberdade interditada, liberdade reavida: escravos e libertos na Paraíba escravista (século XIX). 2010. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: Este estudo tem como objetivo pensar a liberdade, na Paraíba do Século XIX, e seus diversos significados para a população negra, escrava e livre, e analisar os conflitos e os embates sociais que essas considerações possam evocar. Trata-se de uma pesquisa fundamentada em variadas tipologias documentais, como por exemplo, jornais, correspondência de particulares e de autoridades, como chefias de Polícia, juízes municipais e outras autoridades; relatórios de Presidentes de Província; inventários e testamentos; cartas de liberdade; processos de ação e manutenção da liberdade, entre outras. O estudo revela o fazer da liberdade social expressada no sentimento que a gente negra tinha de pertencimento a um grupo através de suas experiências e vivências. O percurso montado para atingir a liberdade iniciou percorrendo a trilha da cultura negra, dando ênfase à Festa, tanto profana quanto religiosa. Continuou com as alforrias ocorridas em duas regiões economicamente distintas: o município de Sousa, criador de gado, e a Parahyba, capital e produtora de açúcar. Foi possível perceber que outro grupo de pessoas negras - os escravos - avaliando suas poucas chances de conseguir a alforria, optou por construir a liberdade possível através das fugas. A pesquisa revelou, também, que a população livre e pobre, principalmente, a negra, vivenciou o fio tênue entre a liberdade e a escravidão, isto é, sofreu a (re)escravização
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7610
Appears in Collections:Teses de Doutorado - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo845_1.pdf4.83 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.