Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7598
Título: Microcrédito no terceiro setor e o empoderamento gerado no Recife e no Pólo de Confecções do Agreste pelo CEAPE
Autor(es): Tabosa Vieira, Bruno
Palavras-chave: Terceiro Setor; OSCIPS; Microcrédito orientado; Empoderamento
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Tabosa Vieira, Bruno; Wanderley Lubambo, Cátia. Microcrédito no terceiro setor e o empoderamento gerado no Recife e no Pólo de Confecções do Agreste pelo CEAPE. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Gestão e Pública p/ o Desenvolvimento do Nordeste, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo estudar as práticas de microcrédito orientado desempenhadas por Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP s) no estado de Pernambuco. Nesta perspectiva, o Centro de apoio ao pequeno empreendedores do Estado de Pernambuco foi escolhido como objeto de estudo. A escolha dessa instituição se deu pelo tempo de atuação que a mesma tem no mercado e pela cobertura territorial de ação que se define em quase todo o Estado. Foram selecionados como pontos de atendimento a serem estudados as unidades do Ceape-PE em Recife, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama, no período de janeiro de 2005 a julho de 2010. Tais cidades se destacam no cenário econômico de Pernambuco, o que orientou a suposição de que a representação amostral estaria adequada. O estudo procurou ainda identificar: a. se, durante o período acima indicado, ocorreu o empoderamento econômico, pessoal e político dos tomadores de empréstimo; b. se existiram diferenças entre os níveis dessas formas de empoderamento na Capital e nas cidades do Agreste e c. se a localização da OSCIP estudada (na capital e no interior) está ligada à existência de arranjos produtivos locais que fomentem a demanda por microcrédito orientado. Desta maneira, a construção do trabalho permeou o seguinte problema de pesquisa: a OSCIP de microcrédito estudada pôde trazer contribuições para o empoderamento dos seus beneficiados no Recife e no Pólo de confecções do Agreste, durante o período de janeiro de 2005 a julho de 2010? Em termos metodológicos optouse por: realizar uma entrevista com cada gestor e vinte e cinco entrevistas com beneficiários. Ao mesmo tempo, buscou-se, em linhas gerais, colaborar com os estudos sobre o Terceiro Setor em Pernambuco, identificando as contribuições que podem se trazidas à sociedade através das atividades desenvolvidas pelas instituições que o compõem
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7598
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo6568_1.pdf491,02 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.