Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7562
Title: Ouvidoria como unidade de inteligência competitiva: análise a partir da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de Pernambuco - SDEC
Authors: Karlla Souza Antunes, Chussy
Keywords: Controle; Capital social; Inteligência Competitiva
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Karlla Souza Antunes, Chussy; Francisco Ribeiro Filho, José. Ouvidoria como unidade de inteligência competitiva: análise a partir da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de Pernambuco - SDEC. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Gestão e Pública p/ o Desenvolvimento do Nordeste, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: O eixo central dessa pesquisa é a elaboração de um Modelo de Ouvidoria como Unidade de Inteligência Competitiva MOUIC à prospecção de cenários de desenvolvimento sócio-econômico-ambiental. Para isso foi realizado um estudo de caso, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de Pernambuco SDEC, para modelar, conceitualmente, uma ouvidoria como unidade de Inteligência. Trata-se de um tema ainda pouco explorado, o estudo de ouvidorias em instituições públicas a partir da teorização de Inteligência Competitiva e do uso do Capital Social, pouco aproveitado nas ouvidorias, para geração de cenários prospectivos de desenvolvimento, por conseguinte desafiador. Com a reforma administrativa brasileira, nas décadas de 80 e 90, os gestores se viram diante da necessidade de modernização do sistema público e do desafio de melhoria da gestão para cumprir sua missão e promover o bem estar social. A sociedade brasileira tornou-se mais exigente no desempenho do governo para a prestação de seus serviços, com transparência e participação social. O ambiente globalizado e avanços tecnológicos trouxeram mudanças rápidas, um ambiente de incertezas que dificulta à tomada de decisão, o monitoramento do ambiente, a previsão de ações futuras, além do excesso de informação, tudo são razões que tornaram a inteligência competitiva estudada nas organizações Um sistema de inteligência competitiva fornece aos gestores públicos informações analisadas para a tomada de decisões, baseadas em sistema de coleta e análise da informação sobre o meio onde está inserido e os diretamente envolvidos no caso os cidadãos. Academicamente, a pesquisa, no contexto da Inteligência Competitiva, encontra-se em um campo fértil para investigações. Essa área de estudo converge interesses de pesquisadores de diversas áreas como planejamento estratégico, ciência da informação, comunicação empresarial, dentre outras, inseri-se nesse contexto a ouvidoria. Ambiciona-se uma contribuição social, pois a sociedade como um todo, poderá se beneficiar com um Estado à frente das tendências (cenários) econômicas, anseios sociais e sustentabilidade ambiental. Metodologicamente a pesquisa foi exploratória quanto aos fins e bibliográfica, documental, estudo de caso e estudo de campo, quanto aos meios. Sua tipologia enquadrou-se como qualitativa a partir de um referencial fenomenológico, pois buscou entender o fenômeno ouvidoria a partir da teorização da inteligência competitiva, interpretá-lo, perceber seu significado e tirar benefícios a gestão pública O resultado, tomando como base os dados coletados nas entrevistas com atores envolvidos no processo e as basilares reflexões de Rubens Lyra, Alejandro Porter, Michael Porter, Eliane Marcial e Emerson Batista entre outros pesquisados apresenta uma análise positiva sobre a modelagem de ouvidoria como unidade de inteligência competitiva numa viabilidade de aplicação em órgãos públicos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7562
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3932_1.pdf4.67 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.