Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7517
Title: Práticas socioretóricas do gênero artigo científico de história e sociologia: variação, identidade e ethos disciplinar
Authors: Ribeiro De Oliveira Cortes, Gerenice
Keywords: artigo científico;citações;representações de si, identidade disciplinar
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Ribeiro De Oliveira Cortes, Gerenice; Chambliss Hoffnagel, Judith. Práticas socioretóricas do gênero artigo científico de história e sociologia: variação, identidade e ethos disciplinar. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: O artigo científico considerado uma forma de agir, participar e construir o conhecimento científico sócioretoricamente se insere no sistema de gêneros do domínio discursivo da ciência. Com base na concepção sócioretórica de gêneros textuais e nos pressupostos da Nova Retórica , esta pesquisa teve por objetivo investigar a construção do processo persuasivo do artigo científico das disciplinas História e Sociologia , e o modo pelo qual o ethos dos autores desses artigos é construído. Para tanto, procuramos identificar os padrões de organização retórica dos artigos das duas disciplinas, estabelecendose as relações com as peculiaridades culturais das respectivas comunidades disciplinares, como também analisar a prática das citações e as formas de menções de si enquanto estratégias sócioretóricas empregadas pelos escritores, visando à construção do ethos. O corpus foi constituído de uma amostra de 40 artigos científicos 20 de História e 20 de Sociologia, coletados de 8 periódicos 4 por disciplina num recorte temporal de 5 anos (2003 a 2007). Os resultados sugerem que o processo persuasivo do artigo científico de História e Sociologia é construído através de uma identidade disciplinar , que se forma a partir da incorporação do habitus e do conjunto de frames especializados da respectiva comunidade, que confere ao escritor um ethos de disciplinaridade. Os dados apontam algumas regularidades, mas também sugerem diversidades na tipificação e nas funções sócioretóricas do gênero, que possivelmente resultam da heterogeneidade constitutiva da cultura epistêmica disciplinar, dos distintos propósitos comunicativos desse gênero, e das audiências e situações retóricas diversificadas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7517
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3946_1.pdf2.19 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.