Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/749
Title: Consumo e reconhecimento social: a valorização do morar bem entre novas elites do Recife.
Authors: Medeiros de Araújo, Kátia
Keywords: Consumo; Reconhecimento Social; Novas Elites; Design de Interiores Residenciais
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Medeiros de Araújo, Kátia; Parry Scott, Russell. Consumo e reconhecimento social: a valorização do morar bem entre novas elites do Recife.. 2006. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Antropologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Visando compreender a dinâmica de representações de status das elites sociais e sua vinculação às práticas consumistas modernas, este trabalho aborda o consumo de design de interiores residenciais por um segmento específico das novas elites do Recife, constituído por indivíduos de formação profissional bastante qualificada e que partilham de uma noção individualista de família e de sociedade. Esses indivíduos também apresentam trajetórias semelhantes de ascensão sócio-econômica. O objetivo específico do estudo recaiu na compreensão da lógica estilística de um sistema de objetos cuja adoção vem sendo bastante privilegiada pelos pesquisados: o estilo clean e suas variações. Limpeza formal, praticidade e impessoalidade, constituem os emblemas centrais dessa rubrica estética. A pesquisa empírica foi procedida a partir de uma metodologia qualitativa, envolvendo a exploração etnográfica de três diferentes contextos: as práticas aquisitivas e representações de consumidores sobre suas moradias, o campo simbólico dos profissionais de ambientação residencial e as estratégias do comércio no ramo. Paralelamente ao trabalho etnográfico, procedido através da observação de residências e da realização de entrevistas com clientes e profissionais, foram analisados conteúdos de mídia relacionados ao tema. A apreciação das manifestações empíricas do estilo clean, bem como sua interpretação pelos pesquisados, revelou que a adoção deste cânone responde aos interesses dos informantes de construírem para si uma imagem de grupo diferenciada das representações estéticas vinculadas a outras categorias de consumidores. Ao mesmo tempo, essa opção se vincula a uma disposição pragmática, gerada ao longo de suas experiências de vida. Dado o caráter relacional dessas representações, a exploração empreendida permitiu também uma visualização esquemática das estratégias de reconhecimento social implementadas por diferentes setores das elites locais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/749
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Antropologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4685_1.pdf4.7 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.