Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7486
Title: Teoria do efeito estético e teoria histórico-cultural: o leitor como interface
Authors: Sevilla Gonçalves dos Santos, Carmen
Keywords: Teoria do efeito estético;Teoria histórico-cultural;Leitor
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Sevilla Gonçalves dos Santos, Carmen; Lucia Ramalho de Farias, Sonia. Teoria do efeito estético e teoria histórico-cultural: o leitor como interface. 2007. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: O objetivo desta tese é repensar a estrutura de sistema da Teoria do Efeito Estético (de W. Iser), a partir de dois pontos centrais, a interação texto-leitor e a concepção de leitor implícito, configurando-se, portanto, o presente trabalho numa perspectiva metateórica. Para isso, construiu-se uma articulação entre estas idéias-chave e determinados conceitos formulados pela Teoria Histórico-Cultural (de L. S. Vygotsky) com a intenção de adicionar novos pontos de vista necessários para compreender a participação do leitor (real) na constituição do sentido da obra literária. Com o intuito de subsidiar esta construção, foi elaborado, primeiramente, um panorama das principais teorias que consideram a relação texto-leitor para observar a localização da teoria iseriana dentro do referido quadro como também seu relacionamento com a Estética da Recepção. Em seguida, apresentou-se com mais detalhe a teoria do efeito estético, seus principais pontos e contrapontos; ao passo que a teoria histórico-cultural foi também explanada de modo a enfatizar os principais conceitos úteis à articulação em pauta. Após a referida articulação, devido às relações com a teoria do efeito estético, a Antropologia Literária foi apresentada. As contribuições da articulação demonstrada apontam o deslocamento do conceito antropomorfizado de leitor implícito para uma posição de mediador social entre o leitor real e a experiência estética, a valorização da interseção entre repertório textual e Nível de Desenvolvimento Real e a compreensão da formulação do objeto estético como Nível de Desenvolvimento Potencial, de forma a denotar-se a interação texto-leitor (real) numa Zona de Desenvolvimento Proximal. Tais resultados implicam na possibilidade de inserção do leitor real na estrutura de sistema da teoria do efeito estético
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7486
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Teoria da Literatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo7417_1.pdf1.28 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.