Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7407
Title: Avaliação de desfecho do tratamento para tuberculose em pacientes HIV/AIDS
Authors: OLIVEIRA, Magda Maruza Melo de Barros
Keywords: Co-infecção HIV/tuberculose; Desfecho do tratamento
Issue Date: 2005
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Maruza Melo de Barros Oliveira, Magda; Arraes de Alencar Ximenes, Ricardo. Avaliação de desfecho do tratamento para tuberculose em pacientes HIV/AIDS. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Abstract: Um estudo de coorte retrospectivo foi realizado com o objetivo de determinar a freqüência de desfecho desfavorável (óbito, abandono e falência) e de óbito separadamente, em pacientes com HIV/aids tratados para tuberculose sem confirmação bacteriológica do diagnóstico, e compará-la com a freqüência de desfecho desfavorável naqueles pacientes tratados com confirmação bacteriológica do diagnóstico, no período de Julho de 2002 a Junho de 2004, no Hospital Correia Picanço. As variáveis analisadas foram agrupadas em três blocos: variáveis biológicas e sócio-demográficas; variáveis relacionadas ao HIV/aids e variáveis relacionadas à tuberculose, dentre as quais foram estudadas as variáveis relacionadas aos sinais e sintomas de tuberculose, variáveis relacionadas à forma de apresentação e critério diagnóstico e variáveis relacionadas ao tratamento da tuberculose. Através de informações obtidas em prontuários médicos, foram estudados 262 pacientes, entre os quais 93 (35,5%) iniciaram tratamento para tuberculose com confirmação do diagnóstico e 169 pacientes (64, 5%) não tiveram confirmação. Do total de pacientes, 7 (2,7%) tiveram cura com confirmação laboratorial, 147 (56,1%) curaram sem confirmação laboratorial, 30 (11,5%) abandonaram o tratamento, 2 pacientes (0,8%) apresentaram falência por desenvolvimento de resistência e 76 (29%) evoluíram para o óbito. Foram estimados odds ratios brutos e ajustados, intervalos de confiança e valores de p da associação de desfecho desfavorável com as variáveis independentes de cada grupo. Em seguida, as variáveis selecionadas na análise multivariada em cada um deles foram controladas pelo efeito daquelas selecionadas nos demais. Permaneceram no modelo, ao final da análise multivariada, por apresentarem associação estatisticamente significante com desfecho desfavorável, após todos os ajustes, as seguintes variáveis: coexistência de outras doenças oportunistas, níveis de CD4 e carga viral, dispnéia, a forma disseminada de tuberculose e a mudança do tratamento da tuberculose por reação adversa ou intolerância. Quando o desfecho analisado foi o óbito, permaneceram no modelo ao final da análise multivariada: uso de tratamento antiretroviral, níveis de CD4 e carga viral, dispnéia e regime de acompanhamento do paciente quando o tratamento foi iniciado
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7407
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Medicina Tropical

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8088_1.pdf629.19 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.