Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7375
Title: Entre O Receio Da Memória E O Desejo Da Palavra: análise das obras O último vôo do flamingo e Um rio chamado tempo, uma casa chamada Terra, do escritor Mia Couto
Authors: Maia Guimarães, Flávia
Keywords: Migração;Identidade;Memória;Silêncio;Póscolonialismo
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Maia Guimarães, Flávia; Gerhard Mike Walter, Roland. Entre O Receio Da Memória E O Desejo Da Palavra: análise das obras O último vôo do flamingo e Um rio chamado tempo, uma casa chamada Terra, do escritor Mia Couto. 2009. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: O objetivo principal desta tese é analisar, em dois romances do autor moçambicano Mia Couto O último voo do flamingo (2005) e Um rio chamado tempo, uma casa chamada Terra (2003) as representações literárias de mudanças territoriais e identitárias experienciadas por sujeitos que permanecem em Moçambique e por aqueles que emigram e depois regressam para lá. Ao longo deste estudo, aspectos de ancoragem sociocultural e afetiva, em um contexto intersticial e póscolonial, são examinados através de recursos dos estudos literários comparativos da teoria póscolonial. A problematização desses fenômenos está baseada no pensamento de Homi Bhabha, Stuart Hall, Edward Said, Édouard Glissant, Michael Bakhtin, Octavio Paz, Gaston Bachelard and Paul Ricoeur, entre outros. Na Introdução, enfoques dos estudos culturais e do póscolonialismo são focalizados. No primeiro capítulo, a análise centrase na relação entre as línguas portuguesa e bantu. Em tal diversificado universo etnolinguístico, a justaposição de vozes na literatura africana escrita em português é discutida, mais especificamente, na obra de Mia Couto. No segundo capítulo, são problematizados os efeitos da colonização e da guerra no território moçambicano bem como sobre seus habitantes. Nesse sentido, o foco de análise se direciona aos deslocamentos dos sujeitos dentro de sua própria terra: a experiência do estranhamento, o exílio interior, impulsos de contrahabitação e errância. No último capítulo, são discutidas a rememoração e a recuperação de vozes silenciadas, que surgem como estratégias significativas tanto de resistência quanto de ancoragem sociocultural e afetiva, favorecendo para uma (re) construção identitária coletiva e/ou individual
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7375
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Teoria da Literatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3942_1.pdf1.25 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.