Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7313
Título: Posseiros, rendeiros e proprietários: Estrutura Fundiária e Dinâmica Agro-Mercantil no Alto Sertão da Bahia (1750-1850)
Autor(es): NEVES, Erivaldo Fagundes
Palavras-chave: Agrária; Econômica; Comparada; Caetité; História regional
Data do documento: 2003
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Fagundes Neves, Erivaldo; do Socorro Ferraz Barbosa, Maria. Posseiros, rendeiros e proprietários: Estrutura Fundiária e Dinâmica Agro-Mercantil no Alto Sertão da Bahia (1750-1850). 2003. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Resumo: Discutindo aspectos do direito agrário português e espanhol, debatendo as formas de apropriação fundiária no Novo Mundo, este estudo procura averiguar as configurações da propriedade, posse e exploração da terra no Brasil, durante a colonização e a consolidação do Estado Nacional, avaliando o caso particular do Alto Sertão da Bahia. Distingue identidades e dessemelhanças desse processo na Península Ibérica, na transição para o Antigo Regime e na dissolução deste pela Revolução Liberal do século XIX; no Novo Mundo durante a colonização e após as reformas liberais das novas nações latino-americanas e em entre estas e suas antigas metrópoles. Finalmente procura delinear o apossamento de terras que deu origem à propriedade agrária estruturada com pequenas e médias unidades, entremeadas por latifúndios, nos séculos XVIII e XIX na região estudada
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7313
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - História

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo7676_1.pdf2,82 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.