Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7207
Title: A poesia dos trigais: Geraldino Brasil e Van Gogh
Authors: Soriano de Souza Tavares, Renata
Keywords: Geraldino Brasil; Sextina; Intersemiose; Metalinguagem; Van Gogh
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Soriano de Souza Tavares, Renata; do Carmo de Siqueira Nino, Maria. A poesia dos trigais: Geraldino Brasil e Van Gogh. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: A sextina é um gênero poético complexo, sendo, na história da literatura, uma das estruturas poéticas menos conhecidas e estudadas; embora tenha sido produzida com alguma prolixidade, ninguém se dedicou com tanto afinco a essa forma poética quanto o poeta alagoano Geraldino Brasil.Esta pesquisa então se estende por duas veredas principais: a história deste gênero poético, e a relação que envolve a metalinguagem como objeto de ligação entre a temática das artes literária e visual, especificamente a poesia e a pintura, na interação entre as séries temáticas de algumas telas de Van Gogh e as quindecies de Geraldino Brasil. Analisamos então quatro livros de sextinas do poeta, para em seguida utilizarmos Bakhtin no que concerne a idéia de dialogismo, intertextualidade e alusão, e como esses recursos podem ser utilizados dentro de uma perspectiva intersemiótica e metalingüística com a finalidade de atestar a relação baseada na influência temática das séries nas telas de Van Gogh e as sextinas de Geraldino Brasil
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7207
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Teoria da Literatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1850_1.pdf3.06 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.