Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7185
Title: A (re)construção conjunta de categorias da geometria por professores de matemática
Authors: Ludmila da Silva Ranieri, Thaís
Keywords: Recategorização; Objetos de discurso; Geometria
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Ludmila da Silva Ranieri, Thaís; Marcuschi, Elizabeth. A (re)construção conjunta de categorias da geometria por professores de matemática. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: Não é de hoje que, em Linguística, existe uma gama de trabalhos que se caracterizam por estarem inseridos em uma perspectiva interdisciplinar. Grosso modo , percebemos a intersecção da Linguísitica com a área da Educação, da Psicologia e até com a área da Saúde, no entanto, ainda é pequeno o número de trabalhos que se associam com a área de Exatas, em especial com a Matemática. Em contrapartida, se olharmos, com um pouco mais de atenção, perceberemos que o mundo da Matemática se apresenta como um vasto campo de pesquisa também para a Linguística. A partir dessas considerações, o presente trabalho veio investigar a questão da categorização em Matemática, propondo observar e descrever o processo de recategorização dos objetos de discurso da geometria. Para tanto, adotamos como referencial teórico os pressupostos da Hipótese Sociocognitiva da Linguagem que concebe a referência como um processo e a categorização como uma atividade discursiva (DUBOIS e MONDADA, 2003; MARCUSCHI, 2007). Corroboramos tal concepção com a visão de Mondada (2005) que acredita ser a referenciação uma prática multimodal em que os elementos verbais e nãoverbais atuam de modo indissociável. Adotamos ainda a proposta de Koch e Marcuschi (1998) com base em Apótheloz e Bénguelin (1995) que entendem a recategorização como um tipo de atividade referencial. Posto assim, as análises revelaram que os professores constroem um painel semiótico ao recategorizarem os objetos de discurso da geometria. Nessa construção, os professores consideram o movimento de objetos, o uso de gestos, o formato de móveis e do espaço físico da escola em acordo com os elementos verbais. Já à linguagem verbal, pudemos detectar que os professores davam preferência por palavras que enfatizavam alguma característica formal do objeto rolar, ser redondo, ser quadrado ao invés de usar palavras de sentido genérico, tais como coisa e negócio. Diante desses resultados, podemos afirmar que a recategorização é uma atividade multimodal
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7185
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1824_1.pdf3.71 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.