Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7086
Title: O papel da revisão textual em textos reescritos por crianças
Authors: Correia Fagundes Costa, Margareth
Keywords: Produção Textual; Revisão; Reescrita
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Correia Fagundes Costa, Margareth; Virgínia Leal, Maria. O papel da revisão textual em textos reescritos por crianças. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: Esta dissertação traz um debate acerca da produção textual, discute conceitos e procedimentos relevantes para o fazer cotidiano da escrita na escola. Apresenta a produção escrita na perspectiva de Bronckart (1999) - ação produtiva, interativa e comunicativa; da Crítica Genética (BIASI, 1997), e a defende como ação que requer trabalho de investimentos em movimentos de escrita e reescritas, pelos procedimentos de revisão textual individual e coletiva. Sob orientação teórica de autores como Possenti (1996), Schneuwly (2004), Dolz, Schneuwly (1994), Marcuschi (2005, 2008), Rocha (2005), Geraldi (1991, 1993, 1997), esta pesquisa teve como objetivo entender o papel da revisão textual em textos reescritos por crianças. Como parte prevista no trabalho, foram realizados cinco encontros com uma turma da II fase do I ciclo (Ensino Fundamental), crianças na faixa etária de nove e dez anos de idade, para o trabalho de produção textual, revisão e reescritas, e consequente elaboração de uma coletânea de texto das crianças, tendo como temática a questão do Meio Ambiente. As crianças participaram de leituras, pesquisas, atividades coletivas e produziram textos que foram lidos pela pesquisadora, responsável por uma Leitura Colaborativa intervenções visando situar a criança ante questões de ordem linguística e textual-discursiva. Após essa Leitura colaborativa, estudos coletivos e atividades epilinguísticas, a criança era convidada a rever e reescrever seu texto. Ao longo desses encontros, foi constituído um corpus com quarenta textos infantis, vinte na primeira versão e vinte reescritos. A análise descritiva desses textos permitiu observar que o papel da revisão textual, orientada pela leitura colaborativa, é o de promover um reordenamento na reescrita, possibilitando investimentos significativos que contribuem na construção dos sentidos do texto. Por sua vez, a análise quantitativa demonstrou que há uma resposta positiva nos aspectos linguísticos e textuais-discursivos, sobretudo neste último. Observou-se que a revisão textual e a reescrita promovem na criança um comportamento discursivo consciente, favorecendo estratégias de autorregulação
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7086
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1774_1.pdf5.82 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.