Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7047
Título: Tuberculose em indivíduos infectados pelo HIV em Pernambuco
Autor(es): OLIVEIRA, Magda Maruza Melo de Barros
Palavras-chave: HIV;Tuberculose;Terapia antirretroviral;Tratamento da tuberculose;Abandono;Sobrevida
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maruza Melo de Barros Oliveira, Magda; Arraes de Alencar Ximenes, Ricardo. Tuberculose em indivíduos infectados pelo HIV em Pernambuco. 2011. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: A coinfecção tuberculose&#8260;HIV apresenta uma série de desafios para a saúde publica mundial, particularmente nos países em desenvolvimento. A tuberculose é uma das complicações mais comuns em indivíduos infectados pelo HIV e a principal causa de morte. Esta tese, apresentada no formato de dois artigos, teve como objeto de investigação indivíduos com tuberculose&#8260;HIV que iniciaram tratamento para tuberculose em dois Serviços de Referência para HIV/AIDS em Pernambuco (Hospital Correia Picanço e Hospital Universitário Oswaldo Cruz), onde são atendidos cerca de 70% dos pacientes infectados pelo HIV no Estado, no período de Junho de 2007 a Dezembro de 2009. Os principais objetivos dos estudos foram: identificar, em uma coorte de indivíduos infectados pelo HIV, os fatores de risco para o abandono do tratamento para tuberculose, estimar a probabilidade de sobrevida de indivíduos com tuberculose/HIV após o início do tratamento de tuberculose e avaliar os fatores associados ao tempo até o óbito na população estudada. O primeiro artigo (Fatores de risco para o abandono do tratamento para tuberculose em indivíduos infectados pelo HIV em Pernambuco, Brasil: um estudo de coorte prospectivo) relata um estudo de coorte prospectivo que acompanhou os indivíduos que iniciaram tratamento para tuberculose, mensalmente, até a conclusão ou abandono do tratamento. De uma coorte de 2.310 indivíduos infectados pelo HIV, foram selecionados 390 indivíduos que iniciaram tratamento para TB e analisados 273 indivíduos que completaram ou abandonaram o tratamento para tuberculose. A freqüência de abandono foi de 21,7%. Um percentual de 69.7% dos pacientes era do sexo masculino. A idade variou de 18 a 67 anos, com média de 36.7 anos. Os seguintes fatores de risco para o abandono do tratamento para tuberculose foram identificados: sexo masculino, tabagismo e contagem de linfócitos CD4 menor do que 200 células/mm3. Idade acima de 29 anos, escolaridade entre 10 e 19 anos de estudo e o uso de terapia antirretroviral (TARV) foram identificados como fatores de proteção. O segundo artigo (Sobrevida de pacientes infectados pelo HIV que iniciaram tratamento para tuberculose em Pernambuco, Brasil: um estudo de coorte prospectivo), relata também um estudo de coorte prospectivo realizado com a mesma população. Foram estudados 333 pacientes que iniciaram tratamento para tuberculose. A incidência de óbito foi de 5.25 por 10000 pessoas-ano (CI-95% 4.15-6.63). A probabilidade de sobrevida após 30 meses foi de 70%. Os fatores de risco para óbito na população estudada foram: sexo feminino, idade igual ou maior do que 30 anos, anemia, não iniciar terapia antirretroviral durante o tratamento para tuberculose e forma disseminada da tuberculose. Menor risco de óbito foi associado a contagem de linfócitos CD4 >200 células/mm3 e início do tratamento da tuberculose ambulatorialmente. Os resultados apontam para a necessidade de ações mais específicas, direcionadas para reduzir o abandono do tratamento para TB em indivíduos do sexo masculino, mais jovens, com baixa escolaridade, tabagistas e com contagem de linfócitos CD4<200 células/mm3. O uso de TARV foi protetor para o abandono e mostrou-se associado a um tempo mais prolongado até o óbito, reforçando a estratégia do inicio precoce de TARV em indivíduos com tuberculose
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7047
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Medicina Tropical

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3067_1.pdf1,79 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.