Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7034
Title: Uma trama a várias Mãos: a escrita colaborativa na sala de aula de Língua Inglesa
Authors: Maria Raposo Gonçalves de Melo Larré, Julia
Keywords: Ensino de Língua Estrangeira; Produção Escrita; Escrita Colaborativa
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Maria Raposo Gonçalves de Melo Larré, Julia; Padilha Peixoto Pinto, Abuêndia. Uma trama a várias Mãos: a escrita colaborativa na sala de aula de Língua Inglesa. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: O processo de ensino-aprendizagem de língua estrangeira possui como objetivos primordiais permitir que o aluno seja habilitado a se comunicar fluentemente, além de permitir que compreenda o funcionamento da linguagem em qualquer contexto situacional em que estiver inserido. De modo geral, nas instituições de ensino particular, percebe-se que este preceito focaliza fundamentalmente o desenvolvimento da fluência oral, sendo a prática escrita deixada em segundo lugar (Elbow, 2004). Na tentativa de encontrar uma alternativa para tal situação, buscamos no ensino colaborativo um modo de ampliar o leque de opções disponíveis para o ensino de escrita em língua estrangeira. No ensino-aprendizagem de língua inglesa a produção escrita a partir de atividades colaborativas se torna importante na medida em que ao interagir, os aprendizes tornam realidade a prática da mediação com os colegas, permitindo um melhor resultado no aprendizado. Dentro da ótica do Ensino Colaborativo, podemos dar destaque a Elbow (2000), Figueiredo (2006), Grabe e Kaplan (1996) e Tinzmann (1990). Abordamos também o ensino de escrita em língua inglesa baseado nos gêneros textuais, trabalhados a partir de uma sequência didática (Schneuwly e Dolz, 2004). Realizamos oficinas de produção textual em língua inglesa na qual 8 (oito) alunos de nível pré-intermediário produziram os gêneros textuais linha do tempo, conto de fadas e diário de bordo na referida língua; além disso, a coleta de dados foi efetivada por meio de questionário sociocultural conceitual aberto, diários reflexivos e fichas de auto-avaliação. O resultado aponta, mesmo que alguns dos textos produzidos tenham tido incongruências relativas à configuração do gênero, para o fato de os sujeitos participantes perceberem um aprimoramento de sua escrita em língua inglesa devido, principalmente, à colaboração entre os mesmos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7034
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1765_1.pdf2.85 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.