Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7028
Título: Em defesa da família: Representação de família em dois jornais de recife (1937-1945).
Autor(es): de Oliveira Reis Marques Freire, Thiago
Palavras-chave: Família; Gênero; Governo
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: de Oliveira Reis Marques Freire, Thiago; Maria Pires Brandão, Tanya. Em defesa da família: Representação de família em dois jornais de recife (1937-1945).. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: Esta dissertação analisa a forma como a família foi representada, por setores conservadores e governistas, na imprensa recifense durante o período de 1937 a 1945. Pretendemos mostrar que os textos conservadores relativos à família não têm nela o foco de seus interesses. Visavam mais a defesa da ordem, do regime político vigente, do que da família propriamente dita. Para isso, estudamos textos publicados em dois jornais de Recife: o Jornal do Commercio e a Folha da Manhã. O último continha uma coluna diária do interventor de Pernambuco, Agamenon Magalhães. Esse jornal possuía visível função doutrinária e foi bastante importante em nossa pesquisa, posto que buscávamos entender o discurso sobre família de uma parcela da sociedade da qual o interventor fazia parte. Assim, estudamos o discurso sobre família e não a família em si. Buscamos entender que interesses produziram, durante o Estado Novo, o discurso da família ameaçada
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7028
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - História

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3268_1.pdf890,79 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.