Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7001
Título: Justiça Federal em Pernambuco Programa Gestão de Pessoas por Competências : análise do discurso oficial
Autor(es): SÁ, Nathiene Alencar de
Palavras-chave: Análise do discurso; Gestão por competências; Justiça Federal; Pernambuco
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Alencar de Sá, Nathiene; Bezerra Marques, Denilson. Justiça Federal em Pernambuco Programa Gestão de Pessoas por Competências : análise do discurso oficial. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Gestão e Pública p/ o Desenvolvimento do Nordeste, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: Propõe-se esse trabalho a analisar o discurso oficial do Programa Gestão de Pessoas por Competências, implantado na Justiça Federal de Primeiro Grau Seção Judiciária do Estado de Pernambuco durante o ano de 2006, visando promover o aperfeiçoamento profissional de gerentes e servidores, por meio de ações de treinamento, participação em programas de pós-graduação lato e stricto sensu, gestão de carreira, avaliação de desempenho e estabelecimento de parcerias. Para o desenvolvimento da pesquisa, utilizou-se como fonte principal a Teoria do Discurso e, dentre os principais teóricos estudados, foi dado destaque a Fairclough, Laclau e Mouffe, da Análise de Discurso Crítica; Foucault, Pêcheux, Maingueneau e, no Brasil, Orlandi, no que diz respeito à Análise do Discurso de linha francesa. O objetivo central do estudo é investigar as condições sóciohistóricas da produção do discurso sobre competências para, em seguida, analisar o programa implantado, identificando alguns enunciados que foram considerados mais importantes para se entender o discurso global. Trata-se de pesquisa de campo, de cunho qualitativo. O corpus se constitui do Relatório do Programa implantado, além de entrevistas com gestores ligados ao Núcleo de Gestão de Pessoas da Seção Judiciária de Pernambuco, visando identificar como estes percebem o discurso do programa, qual o grau de identificação e a forma como essa se dá. Durante a pesquisa foram apontadas algumas contradições presentes no discurso de competências, conceito bastante utilizado nos órgãos públicos atualmente, verificando que estes discursos propõem a valorização do servidor e melhoria da eficiência no trabalho, no entanto, o servidor passa a ter uma sobrecarga de trabalho a partir da demanda por novas e complexas habilidades, sem haver a modificação das atuais estruturas existentes nesses órgãos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7001
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2621_1.pdf574,22 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.