Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6944
Title: Produção do espaço e circuito de fluxos da indústria textil de São Bento-PB: do meio técnico ao meio técnico- científico-informacional
Authors: CARNEIRO, Rosalvo Nobre
Keywords: produção do espaço;ciurcuito de fluxos
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Nobre Carneiro, Rosalvo; José de Sá, Alcindo. Produção do espaço e circuito de fluxos da indústria textil de São Bento-PB: do meio técnico ao meio técnico- científico-informacional. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: A indústria têxtil de São Bento-PB consome, anualmente, 18 milhões de quilogramas de fios de algodão, gerando uma produção de 12 milhões de redes de dormir e garantindo-lhe, com isto, a posição de maior produtor nacional dessa mercadoria. Ela é caracterizada por um misto de fabricação mecanizada e artesanal cuja expansão regional, nacional e internacional é causa e condição da formação dos seus circuitos de fluxos socioespaciais. Por meio da expansão regional criam-se horizontalidades dentro de um circuito espacial da produção regional, formado por diversos espaços contínuos que interagem em função da divisão territorial do trabalho criada e comandada pelos circuitos de fluxos inferior formal e superior secundário de São Bento, que garantem o processo produtivo direto. Os outros momentos da produção se realizam no circuito espacial da produção nacional e/ou internacional, cujo fundamento encontra-se nas complementaridades e verticalidades desenvolvidas entre o circuito de fluxos superior secundário de São Bento e os circuitos de fluxos superiores hegemônicos e não-hegemônicos nacionais. Estas interações entre a produção do espaço e os circuitos de fluxos da indústria têxtil de São Bento permitem compreender as transformações espaço-temporal que conduziram à formação do seu meio técnico-científico-informacional incompleto. Essa incompletude é função da distribuição socioespacial desigual da técnica, ciência e informação. Por tratar-se de um trabalho de natureza teórico-empírica fez-se necessária a realização de trabalho de campo, onde foram coletadas informações, em diversas fontes, referentes não apenas à indústria têxtil de São Bento, como também às existentes em outros municípios nordestinos, a fim de melhor compreender e explicar a relação entre a produção do espaço e os circuitos de fluxos da indústria têxtil local
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6944
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9541_1.pdf4.95 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.