Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6879
Título: Transformações espaço-temporais da mata de dois irmãos a partir da avaliação dos processos de apropriação do espaço
Autor(es): BEZERRA, Maria Goretti Cabral de Lima
Palavras-chave: Floresta Atlântica; Apropriação de espaços naturais; Ecossistemas urbanos; Mudanças ambientais; Padrões de uso do solo
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Goretti Cabral de Lima Bezerra, Maria; Carlos de Barros Corrêa, Antonio. Transformações espaço-temporais da mata de dois irmãos a partir da avaliação dos processos de apropriação do espaço. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: A Mata de Dois Irmãos, localizada no município do Recife PE é um dos poucos remanescentes da Mata Atlântica neste Estado. Este ecossistema foi transformado em Parque Estadual em 1998, abrangendo 387,4 hectares e incluindo em seu perímetro a reserva da Mata Atlântica, os açudes do Prata, do Meio e de Dois Irmãos e o Horto Zoobotânico de Dois irmãos. A área reveste-se de grande importância ambiental, primeiro pela preservação da biodiversidade, motivo que faz da mesma objeto de pesquisas científicas, mas destaca-se também como área verde dentro do espaço urbano, servindo para influenciar o clima local. Vale salientar ainda sua importância por abrigar mananciais que são utilizados para abastecer parte da população recifense. Por fim, a Mata de Dois Irmãos serve também como área de lazer para a coletividade urbana. No entanto, apesar de ser uma unidade de conservação de proteção integral, este ecossistema vem sendo constantemente transformado em decorrência dos diversos usos que a população do entorno faz do mesmo. Usos estes, que vão desde a abertura de trilhas e derrubada de árvores, até a deposição de lixo e despejo de esgotos. Desta forma, o presente trabalho teve como principal objetivo identificar os usos desta unidade de conservação e a relação entre as alterações ocorridas na mesma e a intensa apropriação do seu entorno. Por fim constatou-se que apesar de ser protegida por diversas leis ambientais, verifica-se na área um embate entre a problemática ambiental e os problemas sociais vividos pela população da cidade do Recife
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6879
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Geografia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo6901_1.pdf2,53 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.