Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6775
Title: Estabilidade térmica da coercividade e viscosidade magnética no nano compósito FeCo/MnO
Authors: Rodrigues Sampaio de Araújo, Lincoln
Keywords: Nano estruturas magnéticas;Sistemas massivos
Issue Date: 2005
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Rodrigues Sampaio de Araújo, Lincoln; Cavalcanti Montenegro, Frederico. Estabilidade térmica da coercividade e viscosidade magnética no nano compósito FeCo/MnO. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Física, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Abstract: Nano estruturas magnéticas têm despertado bastante interesse recentemente devido µas propriedades diferenciadas em relação aos sistemas massivos. O sistema nanocomposito Fe40Co60=MnO produzido por mecano -síntese, e tratado termicamente (400oC) por diferentes tempos, foi o sistema investigado nesta dissertacção. Observou-se recentemente neste sistema o aumento da coercividade com a diminuição da temperatura e o surgimento do efeito de exchange-bias para T < ¡153oC(120K), a temperatura de Neel da fase MnO. Este efeito foi atribuído ao acoplamento Ferromagnetico-Antiferromagnetico existente entre grãos nanometricos vizinhos de FeCo e MnO. A motivação para a continuidade no estudo magnético deste sistema foi a alta estabil- idade térmica da coercividade, apresentada no intervalo em temperatura desde ¡153oC até a temperatura ambiente. A primeira parte do nosso trabalho de mestrado foi voltada para a investigação da coercividade neste sistema no regime de altas temperaturas. Nas amostras investigadas, a coercividade manteve-se aparentemente constante desde Tamb até cerca de 700oC. Na segunda parte do trabalho, foram realizados estudos de viscosidade magnética µa temperatura ambiente em 5 amostras de FeCo/MnO com tratamentos térmicos prévios que variavam desde 0h ate 3h. Os volumes de ativção, como função dos campos reversos aplicados, foram determinados através da expressão Va = kBT=SvMS, onde Sv = S=Âirr é o parâmetro de viscosidade magnética envolvido nos processos de revers~ao e MS é a magnetização de saturação da fase ferromagnético. A comparação entre os V 0 as obtidos por viscosidade magnética e por difração de raios-X (Fórmula de Scherrer) mostrou-se satisfatória dentro dos erros experimentais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6775
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo7878_1.pdf5.61 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.