Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/675
Título: Competência empreendedora de relacionamento : mobilizando o Capital Social no processo de absorção de recursos
Autor(es): Fernanda de Lima Almeida, Larissa
Palavras-chave: Competência de Relacionamento; Empreendedorismo; Capital Social
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Fernanda de Lima Almeida, Larissa; Gomes de Paiva Júnior, Fernando. Competência empreendedora de relacionamento : mobilizando o Capital Social no processo de absorção de recursos. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: Os novos tempos apresentam uma reconfiguração no mundo dos negócios: as organizações verticalmente estruturadas estão perdendo espaço para formatos organizacionais ancorados na lógica das redes. A forma dinâmica e interdependente como se configura o cenário contemporâneo de negócios tende a tornar insuficiente a concepção monológica da ação empreendedora, notadamente no que se refere à captação de recursos, ato que demanda um agir firmado na relacionalidade. A articulação do empreendedor na rede de relacionamento induz à formação do capital social e lhe possibilita o acesso a recursos que garantam a sustentabilidade do seu empreendimento. O objetivo deste estudo reside na busca da compreensão de como a competência de relacionamento auxilia o empreendedor a absorver os recursos de sua rede social. Para isso, utilizamos o método bola de neve no intuito de acessar uma rede de empreendedores do Pólo pernambucano de Tecnologia da Informação e Comunicação, que gerou um corpus composto pelos relatos desses empreendedores a partir dos quais realizamos análise de conteúdo. Os resultados apontam que a mobilização de contatos é significativa no processo de acessar recursos, geralmente estratégicos para a ação empreendedora e difíceis de acessar por outras vias. Quanto às recompensas da interação na rede, retornos sociais como confiança e reputação apareceram como os mais importantes por serem considerados decisivos no acesso a novas redes e no estabelecimento de parcerias dentro da rede do empreendedor. No âmbito do desenvolvimento econômico, a reatividade emergiu como uma recompensa que dá suporte estratégico para o crescimento da empresa
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/675
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo1119_1.pdf784,66 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.