Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/674
Title: Fungos endofíticos isolados de vegetais do manguezal do rio Paripe, Ilha de Itamaracá, Pernambuco, Brasil
Authors: COSTA, Isabella Pereira de Melo Wanderley
Keywords: Taxonomia; Folhas; Vegetação de mangue; Fungos mitospóricos; Ascomycetes
Issue Date: 2003
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Pereira de Melo Wanderley Costa, Isabella; Auxiliadora de Queiroz Cavalcanti, Maria. Fungos endofíticos isolados de vegetais do manguezal do rio Paripe, Ilha de Itamaracá, Pernambuco, Brasil. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia de Fungos, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Abstract: Folhas sadias de Avicennia schaueriana, Laguncularia racemosa e Rhizophora mangle, foram coletadas nos períodos de estiagem (novembro/01 e fevereiro/02) e chuvoso (junho/02 e julho/02), no manguezal do Rio Paripe, na Ilha de Itamaracá, Pernambuco, Brasil, a fim de se verificar a micota endofítica presente nesses vegetais. Segmentos das folhas foram superficialmente esterilizados e semeados em placas de Petri com Batata- Dextrose-Ágar acrescido de cloranfenicol, sendo mantidas em temperatura ambiente (28º±2ºC). Foram isolados 24 táxons pertencentes a 19 gêneros, sendo também isoladas 15 amostras de Mycelia sterilia de coloração clara e escura. Guignardia sp. e Colletotrichum gloeosporioides predominaram, apresentando elevado número de unidades formadoras de colônias (UFC). O percentual de assinalamento de fungos no período de estiagem (59%) diferiu significativamente daquele no período chuvoso (41%). Maior número de espécies endofíticas foi isolado em L. racemosa. Provavelmente Hormonema, Scopulariopsis e Sphaerosporium estão sendo citados pela primeira vez como endofíticos em regiões tropicais. Chloridium virescens var. virescens, Microsphaeropsis arundinis, Penicillium pinophilum, Periconia cambrensis, Phoma herbarum, Phomopsis archeri, P. diachenii, P. obscurans, Sordaria prolifica e Torula elisii provavelmente estão sendo mencionados pela primeira vez em regiões tropicais. Guignardia sp. constitui uma nova espécie para a ciência
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/674
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia de Fungos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4459_1.pdf446.63 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.