Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6692
Title: A produção de bentonita em Boa Vista-PB e suas redes de comercialização : um exemplo de fixos e fluxos geográficos do período histórico atual
Authors: Sérgio Cunha Farias, Paulo
Keywords: Bentonita;Mineral;Boa Vista
Issue Date: 2003
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Sérgio Cunha Farias, Paulo; José de Sá, Alcindo. A produção de bentonita em Boa Vista-PB e suas redes de comercialização : um exemplo de fixos e fluxos geográficos do período histórico atual. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Abstract: A produção (extração e beneficiamento) da bentonita na Paraíba abrange um espaço geográfico que envolve os municípios de Boa Vista, Campina Grande, Soledade e Pocinhos. Em 2000, respondia por 96% de toda a produção desse mineral na escala nacional e é, atualmente, o mais importante setor da indústria de minerais não- metálicos do Estado. Em Boa Vista, o espaço de produção desse mineral se fixa ao longo da BR 412, da estrada estadual que liga Boa Vista à cidade de Cabaceiras e no sudeste do território municipal, onde estão assentadas as jazidas em processo de exploração (Bravo, Juá e Lages). Tal espaço respondia, em 2000, por 96% da produção da bentonita in natura e 87,9% da bentonita beneficiada do Estado e do país, respectivamente. Pela importante parcela financeira que gera, se constitui como o setor econômico mais importante para o município, colocando-o, em meio aos 223 municípios do Estado, na 14ª posição em arrecadação do ICMS. Tendo emergido do processo de totalização e unificação do espaço brasileiro, comandado pela industrialização e estando sujeito às transformações da formação socioespacial brasileira desde então, o referido meio vem passando por constantes metamorfoses (fixação de novos objetos e ações) ao longo de sua existência, sem, no entanto, apagar as suas particularidades ultrapassadas (o velho na sua constituição). Ao mesmo tempo em que se individualiza e se especializa como lugar produtivo, reforça, através dos seus espaços de fluxos, os seus vínculos com outros lugares territorialmente fixados no espaço nacional ou em outros países. Por isso, se constitui como um exemplo cabal de um lugar construído a fim de atender às vontades de outros, sendo, portanto, comandado de longe ou de perto e exposto às normas de diferentes níveis geográficos e políticos (norma para ativação, Série Iso, Vendor Assurance, entre outras), quais sejam: do mundo, do país, da região ou do Estado. Nesta perspectiva, através das instâncias da produção, ou seja, produção propriamente dita e seus suportes de realização (distribuição, circulação e consumo), objetivamos analisar o meio produtor de bentonita de Boa Vista-PB dentro dos recortes territoriais horizontal e vertical, ou seja, como um acontecer homólogo, complementar e hierárquico
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6692
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6791_1.pdf9.81 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.