Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/667
Title: Utilização de marcadores cito-moleculares na identificação de cromossomos mitóticos em Citrus e Poncirus
Authors: Paula de Moraes, Ana
Keywords: Citrus;Poncirus;CMA/DAPI;BAC;FISH
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Paula de Moraes, Ana; dos Santos Guerra Filho, Marcelo. Utilização de marcadores cito-moleculares na identificação de cromossomos mitóticos em Citrus e Poncirus. 2007. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: A definição das espécies dentro dos gêneros pode ser problemática e as espécies de Citrus configuram um exemplo clássico de classificação conflitante. O presente estudo visou auxiliar na compreensão da sistemática deste grupo, ampliando a análise citogenética dos gêneros Citrus e Poncirus. Inicialmente foi analisada a variabilidade cariotípica dos pomelos (toranja × laranjadoce), indicando diferentes cariótipos entre as cultivares. Provavelmente, os diferentes cariótipos são resultantes de eventos de hibridação independentes, envolvendo diversos acessos de toranja. No entanto, as toranjas analisadas mostraram cariótipos idênticos e homozigotos, corroborando sua classificação como espécie pura. O segundo estudo dedicou-se à análise de 13 acessos de tangerinas. Em todos os acessos, o cromossomo D/5S-45S foi observado em homozigose e considerado um bom marcador para este grupo. A tangerina é classificada com uma das espécies puras, porém os dados obtidos sugerem que compreendam três espécies básicas: C. sunki, C. reshni e C. deliciosa, todas com cariótipos homomórficos, sendo que as duas primeiras foram idênticas. O terceiro trabalho visou refinar a análise cromossômica a partir da FISH de seqüências de cópia única. A espécie utilizada foi P. trifoliata, importante fonte de genes de resistência para Citrus. A análise da hibridização foi realizada comparativamente ao padrão de bandeamento CMA/DAPI e localização de sítio de DNAr 45S, permitindo reconhecer os nove pares cromossômicos, além de mapear a região de resistência ao VTC
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/667
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Biologia Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4858_1.pdf1.63 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.