Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/665
Title: Cladonia verticillaris (Raddi) Fr. como agente tripanocida sobre Trypanosoma cruzi
Authors: Rodrigues Silva, Alexandre
Keywords: Líquen;Cladonia verticillaris;Trypanosoma cruzi
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Rodrigues Silva, Alexandre; Henrique da Silva, Nicácio. Cladonia verticillaris (Raddi) Fr. como agente tripanocida sobre Trypanosoma cruzi. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: A doença de Chagas continua a ser um problema de Saúde Pública relevante e, o único tratamento, o Benznidazol, acarreta severos efeitos colaterais e possui limitações terapêuticas. Diante disso, objetivou-se analisar o efeito do extrato acetônico (ACE) e dos ácidos fumarprotocetrárico (FUM) e protocetrárico (PRO) do líquen Cladonia verticillaris (Raddi) Fr.. contra Trypanosoma cruzi, in vitro. O extrato acetônico foi obtido mediante a uma seqüência eluotrópica de solventes orgânicos. Posteriormente foram obtidos os compostos isolados (FUM) e (PRO). Foram realizados leituras cromatográficas para confirmação e determinação do grau de pureza das substâncias. Os bioensaios foram conduzidos com formas epimastigotas e tripomastigotas sangüínea incubadas durante 72 e 24 horas respectivamente, na ausência ou presença de 75 a 300ig.mL-1das substâncias testes. Foram determinadas nesse período a IC50 e IL50. As análises foram realizadas em triplicatas em três experimentos independentes. As formas tripomastigotas revelaram maior susceptibilidade aos metabólitos secundários, com 100% de lise dos parasitas tratados com 300 ig·mL-1 de PRO, após 24 horas de incubação. A análise ultraestrutural de tripomastigotas tratadas revelaram desorganização de organelas, retração nuclear e danos ao cinetoplasto e a mitocôndria. Estas alterações foram mais evidentes nos tratamento com PRO. Concluindo, os resultados obtidos estimulam estudos futuros para elucidar os mecanismos de ação destes compostos bem como avaliar seus efeitos sobre formas amastigotas intracelulares. Estes resultados também apontam para o uso do PRO como agente potencial contra Trypanosoma cruzi
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/665
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4344_1.pdf991.69 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.