Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/660
Título: O gênero Coussarea Aubl. (Rubiaceae, Rubioideae, Coussareae) na Mata Atlântica
Autor(es): do Socorro Pereira, Maria
Palavras-chave: Coussarea;Rubiaceae;Mata Atlântica;Taxonomia
Data do documento: 2007
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: do Socorro Pereira, Maria; Regina de Vasconcellos Barbosa, Maria. O gênero Coussarea Aubl. (Rubiaceae, Rubioideae, Coussareae) na Mata Atlântica. 2007. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Resumo: Coussarea Aubl. consta de aproximadamente 115 espécies, com distribuição exclusivamente neotropical. No Brasil os dois centros de maior diversidade do gênero são a Floresta Amazônica e a Mata Atlântica, com a existência de espécies endêmicas a estes Biomas. O presente estudo revisa as espécies de Coussarea Aubl. que ocorrem na Mata Atlântica, com o objetivo de procurar elucidar e esclarecer os limites morfológicos do gênero. Cerca de 2.000 coleções científicas incluindo espécimens de exemplarestipo, fotografias dos tipos, materiais históricos e recentes, proveniente de 43 herbários foram analisadas e revisadas. Foram aceitas 22 espécies de Coussarea Aubl. para a Mata Atlântica: C. accedens Müll. Arg., C. bocainae M. Gomes, C. capitata (Benth.) Müll. Arg., C. coffeoides Müll. Arg., C. congestiflora Müll. Arg., C. contracta (Walp.) Müll. Arg., C. friburgensis M. Gomes, C. graciliflora (Mart.) Müll. Arg., C. hydrangeifolia (Benth.) Müll. Arg., C. ilheotica Müll. Arg., C. lanceolata (Vell.) Müll. Arg., C. leptopus Müll. Arg., C. megistophylla Standl., C. meridionalis (Vell.) Müll. Arg., C. nodosa (Benth.) Müll. Arg., C. procumbens (Vell.) Müll. Arg., C. racemosa A. Rich., C. speciosa K. Schum. ex M. Gomes, C. strigosipes Müll. Arg., C. triflora Müll. Arg., C. verticillata Müll. Arg., C. violacea Aubl., C. viridis Müll. Arg. e uma nova espécie para a Mata Atlântica. C. biflora (Vell.) Müll. Arg., C. lanceolata (Vell.) Müll. Arg. e C. procumbens (Vell.) Müll. Arg., foram tratadas como espécies duvidosas. Apresenta-se uma chave para separação das espécies, bem como, descrições, ilustrações e a distribuição geográfica de cada uma delas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/660
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Biologia Vegetal

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo4848_1.pdf3,03 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.