Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6581
Título: Geossistemas no Estado de Alagoas : uma contribuição aos estudos da natureza em geografia
Autor(es): CAVALCANTI, Lucas Costa de Souza
Palavras-chave: Geografia física integrada; Geossistemas; Estado de Alagoas
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Costa de Souza Cavalcanti, Lucas; Carlos de Barros Corrêa, Antonio. Geossistemas no Estado de Alagoas : uma contribuição aos estudos da natureza em geografia. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: A identificação de unidades de terra (ou geossistemas) é uma das peças fundamentais do processo de Avaliação de Terras. Este trabalho se insere no contexto da identificação de unidades de terra do Estado de Alagoas, tendo por objetivo a revisão dos fundamentos teóricos e metodológicos da proposta da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, que até então não permitiam o reconhecimento detalhado das unidades de terra de menor dimensão. Para tanto, foi necessário realizar uma revisão teórico-metodológica acerca da importância da temática unidades de terra no âmbito da geografia Posteriormente, baseando-se numa proposta de taxonomia de unidades de terra (Teoria do Geossistema) procedeu-se uma abordagem de aproximação da escala (downscaling), isto é, definindo-se as unidades de maior dimensão e utilizando-as como base para identificação das unidades de menor dimensão através da análise visual e edição de vetores em ambiente de Sistemas de Informação Geográfica (SIG). Ainda se procedeu a um expedito reconhecimento de geossistemas em campo na borda oeste do Maciço Residual de Poço das Trincheiras, no Sertão Alagoano, com o objetivo de apresentar um conjunto de procedimentos de campo para o levantamento integrado de unidades de terra. A revisão teórica demonstrou que o estudo dos geossistemas não se encontra refletido no status normal da ciência geográfica brasileira, pois esta se constituiu sobejamente a partir de um lastro teórico que emana da Europa ocidental. Em seguida, foram identificados os geossistemas regionais para o Estado de Alagoas em diversos níveis hierárquicos, entretanto a qualidade dos produtos cartográficos acumula um erro sistemático em função da abordagem downscaling, logo as unidades de menor dimensão possuem os limites espaciais menos confiáveis. A metodologia de campo permitiu estabelecer características importantes dos geossistemas avaliados e demonstrou ser adequada para o levantamento integrado de unidades de terra. Foram definidas quatro unidades de terra com base na estrutura substancial do geossistema (condição de drenagem, relevo, substrato e vegetação), além do que se estabeleceu o estado anual e a estratificação dos geohorizontes dos geossistemas identificados
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6581
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Geografia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo674_1.pdf8,61 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.