Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6531
Título: De chapéu do sol a Água Fria : numa trama de enredos, a construção da identidade de um bairro na cidade do Recife
Autor(es): HALLEY, Bruno Maia
Palavras-chave: Recife; Água Fria; Bairro; Lugar; Enredos
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maia Halley, Bruno; Augusto Amorim Maciel, Caio. De chapéu do sol a Água Fria : numa trama de enredos, a construção da identidade de um bairro na cidade do Recife. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: Compreendendo o lugar como a porção do espaço estruturado e ordenado, constituído a partir das experiências dos seres humanos; e o bairro como uma realidade material a partir da qual se torna possível compartilhar a existência do lugar, a presente dissertação procura desvendar e analisar as relações que individualizam o bairro de Água Fria no contexto da cidade do Recife. Unidade urbana imbuída de sintomáticos enredos, conceituados como determinados conjuntos de experiências comuns e intrínsecas do bairro, responsáveis pelas ocasiões mais propícias ao envolvimento mútuo das pessoas, e, por conseguinte, pelo pulsar mais intenso da vida local. É a conversa e o jogo de cartas e dominó na calçada, o encontro na padaria no final da tarde, na feira livre ou no mercado público, a festa do padroeiro, a folia de momo, os rituais do terreiro de xangô... Práticas comuns que revelam a trama de relações de Água Fria, e que permitem demarcar com maior precisão seu coração simbólico caracterizado pela concentração dos principais pontos de encontro da população (a igreja, o mercado, a feira livre e etc.). Também entendidos como verdadeiros abrigos ou refúgios de laços identitários, que regem a experiência do morador e lhes possibilita perceber a fluidez e as coisas comuns do lugar. Daí que se apreende as particularidades da vivência local, e, doravante, a personalidade do bairro, que outrora chamava-se Chapéu do Sol devido uma antiga estação de trem ali existente no limiar do século XX
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6531
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Geografia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo496_1.pdf16,3 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.