Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6461
Title: Expressão do gene que codifica a alanina desidrogenase bacteriana em células de Saccharomyces cerevisiae
Authors: BASÍLIO, Anna Carla Moreira
Keywords: Saccharomyces cerevisiae; Engenharia Metabólica; Metabolismo redox; Glicerol; Etanol
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Carla Moreira Basílio, Anna; Antônio de Morais Júnior, Marcos. Expressão do gene que codifica a alanina desidrogenase bacteriana em células de Saccharomyces cerevisiae. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Genética, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: Uma das alternativas para suprir o aumento pela demanda por etanol combustível é a engenharia metabólica de linhagens industriais de Saccharomyces cerevisiae visando o aumento do rendimento em etanol. Portanto, a deleção ou superexpressão de algumas desidrogenases pode contribuir para se alcançar este objetivo. Nesse contexto, a expressão epissomal do gene que codifica para a alanina desidrogenase bacteriana em linhagem laboratorial de S. cerevisiae resultou na diminuição da produção de glicerol e de biomassa, e aumento de 9% na produção de etanol, quando cultivada anaerobicamente em quimiostato (dados não publicados). Neste trabalho, investigamos essa alteração fisiológica mediante a clonagem do gene em diferentes linhagens industriais e de laboratório, usando tanto vetores para integração cromossomal em cópia única como para a expressão epissomal em cópias múltiplas. Em cultivos descontínuos em anaerobiose, não foi possível evidenciar diferenças estatisticamente significativas entre as linhagens recombinantes e suas parentais nos rendimentos em glicerol ou etanol. A análise da variância dos resultados mostrou que nestes ensaios descontínuos a diferença mínima significativa entre os rendimentos em glicerol e em etanol das linhagens recombinantes e parentais foi da ordem de 9-10% e 10-11% respectivamente, valores superiores às diferenças de rendimento observadas anteriormente em ensaios contínuos. A fim de detectar eventuais diferenças nos rendimentos em glicerol e etanol das linhagens modificadas será necessário compará-las em cultivos contínuos em anaerobiose, condições em que a variância dos dados experimentais será menor
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6461
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Genética

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6217_1.pdf2.42 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.